Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Zenden

Heróis de Culto

Francisco Chaveiro Reis
09
Out22

Design sem nome.png

Boudewijn Zenden, extremo holandês, hoje com 46 anos, passou por grandes clubes como PSV, Barcelona, Chelsea ou Liverpool, mas não vem logo à cabeça quando se pensa na grande escola de médios ofensivos holandeses. Zenden, fez a formação no PSV, tendo-se estreado pela principal equipa em 1994-1995. Aos 18 anos, assumiu-se como titular, fazendo 5 golos em 28 jogos ao lado de homens como Ronaldo, Nilis, Numan ou o antigo sportinguista Valckx. Ficaria mais três épocas, ajudando a vencer a Taça da Holanda (5-2 na final, ao Sparta Roterdão); um campeonato (com Cocu, Jonk, Vampeta, Degrye e De Bilde) e duas Supertaças. 34 golos e 123 jogos depois, mudou-se para Barcelona.

Desafiado pelo mítico Van Gaal, fez, durante três anos, da equipa do Barcelona, então repleta de compatriotas: Hesp, Reizeger, Bogarde, Frank e Ronald de Boer ou Kluivert. Na primeira época, foi campeão, ao lado de grandes craques como Figo, Guardiola ou Luis Enrique. Não venceria mais nenhum trofeu e sairia com 3 golos e participação em 95 partidas. Seguiu-se uma aventura no Chelsea, onde nada venceu em duas épocas, apesar de ter convivido com Zola, Jimmy, Poyet, Petit ou Gallas. Mudar-se-ia depois para o Boro, onde passou mais duas épocas e voltou aos títulos. Em 2004, ajudou a vencer a Taça da Liga, marcando o golo da vitória. Do 11 do Middlesbrough faziam, ainda, parte, Job, Doriva, Mendieta, Juninho Paulista ou Southgate. A sua primeira passagem pelo Premier League completou-se com o regresso a um “grande”: Liverpool. Na estreia, a Supertaça Europeia. Na segunda época, a Community Shield. Suplente, optou por se mudar para o Marselha.

No sul de França, fez 74 jogos, sem vencer nada. Regressaria a Inglaterra para dois anos no Sunderland, antes de acabar a carreira ao lado de Asamoah Gyan, Henderson, Malbranque ou Mignolet. Pelos Países Baixos, fez 54 partidas, marcando 7 golos. Esteve no Mundial de 1998 e nos Europeus de 2000 e 2004.