Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Visão do Peão

Verão de 2015: dez nomes que vão dominar o mercado

30.05.15, Francisco Chaveiro Reis

0502_soccer-cristiano-ronaldo_650x455.jpg

 

Cristiano Ronaldo - O português parece fatigado de perder títulos para o Barcelona e poderá mudar de ares neste verão após seis anos no Bernabéu. Jorge Mendes já estará à procura de convencer Florentino, uma vez que United ou PSG não teriam grandes problemas em oferecer 100 milhões de euros por um jogador que, apesar da qualidade, conta já com 30 anos. Ronaldo, adorado em Manchster, poderia ser determinante a ajudar a colocar o gigante inglês onde pertence, após duas más épocas. O problema poderá ser, deixar a impressão que está a fugir da luta direta com Messi…

 

Eden Hazard – Se Ronaldo sair, o Real precisará de uma superestrela ofensiva e, neste momento, há muito poucas. Creio que Hazard seria a única que poderia fazer esquecer Ronaldo. E acredito que aqui se batesse um record.

 

Paul Pogba – Com a entrada de Khedira, é quase certo que o francês sai este verão. O Barcelona parece estar na dianteira mas City também está muito atento para uma operação que não deve custar menos que 70 milhões. Para o francês, o Barcelona seria a melhor opção.

 

Gareth Bale – Se Ronaldo sair, pode assumir-se como a estrela maior, tendo mais espaço para bilhar, até porque é dos jogadores mais parecido com o português. Mas, fala-se que também ele se pode mudar para Manchester. Seria uma grande perda.

 

Carlo Ancelotti – É um dos melhores técnicos do mundo e estará perto de regressar ao Milan. Por um lado, seria um regresso a casa, onde ganhou tudo como jogador e treinador, por outro o clube e a liga já não têm o mesmo peso e depois de Paris, Londres e Madrid, este pode ser um projeto demasiado curto…

 

Angel Di María – Foi o melhor jogador do Mundial 2014 (não reconhecido) após boas épocas em Madrid. Para financiar a contratação de James, foi vendido ao United onde um esquema confuso não o beneficiou. Tem que mudar-se para um gigante e voltar à boa forma. Monetariamente, o PSG é candidato óbvio mas ficaria bem no Barcelona ou no Milan, caso Ancelotti seja o treinador.

 

Jurgen Klopp – O excêntrico que levou o Dortmund do meio da tabela à glória está livre. O seu destino não será o Real e, com várias cadeiras ocupadas, só lhe resta o City. É a minha aposta mas, Klopp é emocional e pode optar por um projeto que lhe desperte paixão.

 

Radamel Falcao – Falhou no United e quer mostrar que ainda é um dos mais mortais avançados do mundo. É falado para Valência, Madrid, Liverpool e Londres. Será uma época decisiva para o colombiano. Mesmo tendo jogado no FCP e Atlético, falta-lhe afirmar-se um degrau acima.

 

Mario Mandzukic – Não é um génio mas é um goleador eficaz. Após muitos golos no Wolfsburgo e alguns no Bayern, aterrou em Espanha onde não vingou. É falado para Mónaco e Milan. É garantia de golos em quase qualquer equipa.

 

Antoine Griezmann – O francês explodiu no Atlético após bons anos na Real Sociedad. Sentou Mandzukic no banco e assumiu-se como goleador (22 tentos na La Liga). É seguido por Bayern e Chelsea e será um grande reforço para qualquer uma das equipas.

 

Pedro Rodriguez – Suplente do trio Messi-Suarez-Neymar, como fora antes de outros tridentes de outro mundo, pode ser peça de sucesso em qualquer equipa. Já foi associado ao Chelsea mas ficaria bem em equipas como Arsenal ou Liverpool. É um craque.