Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Visão do Peão

Ufa

22.09.14, Francisco Chaveiro Reis

 

 

O Sporting goleou o Gil Vicente e quebrou uma série de empates. Com Maurício e Sarr firmes na defesa, as mudanças no onze passaram pela inclusão de Jonathan no lugar do castigado Jefferson; de João Mário no lugar de Martins e de Capel no lugar de Carrillo. A entrada de Mário foi essencial no bom futebol apresentado e o jovem médio ofensivo foi mesmo o melhor em campo, fazendo duas assistências e maravilhando os adeptos. Na baliza, pouco trabalho para Patrício. Na defesa, Maurício e Sarr foram pouco incomodados mas reagiram bem ao descalabro de Maribor e, nas alas, Cédric e, sobretudo, Jonathan estiveram bem. O argentino tem tudo para, semana mais semana, ganhar o lugar a Jefferson. Já Cédric, mesmo cumprindo, penso que é inferior a Esgaio.

 

No meio, esteve a virtude. William ainda não está ao nível do ano passado mas subiu em relação aos últimos jogos. Rosell, que o rendeu, cumpriu. No eixo Adrien-Mário-Nani esteve a chave do jogo. Adrien, sem Martins e Nani a invadir o seu espaço como nos jogos anteriores, chegou-se mais à frente, criando mais e, sobretudo, rematando, fazendo assim o primeiro. Mário, para além de ser dez e fazer bons passes a isolar os seus colegas soube ir para a direita do ataque quando Nani fletia para o meio. Algo que Martins não faz, fazendo com Adrien, Martins e Nani ocupem o mesmo espaço.

 

No ataque, Nani voltou a marcar a diferença, Capel pouco fez e Slimani, mesmo após uns falhanços, fez jogo positivo e marcou. Carrillo entrou bem e marcou o terceiro golo na liga. Montero cumpriu, ainda, 15 minutos.

 

Vejamos como se porta a equipa ante do FCP, já na sexta.