Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

À espera

Mais de metade do mês passado

17
Jan22

Design sem nome (13).png

 

Já passamos metade do mês de janeiro e ainda não há reforços. A expetativa é que possa chegar um defesa-central e um ponta-de-lança e a hipótese Edwards, alvitrada pela imprensa desportiva é um bónus, muito bem-vindo, por muito que se se saiba que não há milhões de sobra. A lesão de Feddal, mesmo que Reis tenha estado muito bem e até ultrapassado o marroquino no onze, colocou a nu a necessidade de ter mais um defesa. No ataque, Tomás tem estado abaixo do que fez no ano passado e Paulinho, por muito que trabalhe muito e bem, marca poucos golos. Para equipas mais fechadas, é necessária outra opção, até porque o número de golos marcados pode ser decisivo nas contas finais (o FCP tem mais 14 golos). Por fim, com Jovane de fora e Sarabia a prazo, Edwards seria uma boa notícia.

Sporting goleia Leça

Normalidade reposta

12
Jan22

Design sem nome (1) (3).png

O Sporting voltou à sua normalidade – a vitória. Em Paços de Ferreira, goleou o Leça e está nas meias finais da Taça de Portugal, onde deve defrontar o Porto. Bruno Tabata foi o homem em destaque ao marcar dois, golos, o primeiro, com nota artística. Matheus Nunes e Nuno Santos marcaram os outros dois golos, numa noite em que Adán, Coates, Palhinha e Pote foram poupados.

Edwards a caminho?

Antes do DC e do PL?

11
Jan22

Design sem nome (4) (1).png

A ideia do Sporting parece ser contratar um defesa central e um ponta de lança, mas hoje volta a ser associado Marcus Edwards, extremo inglês das escolas do Tottenham que se tem destacado em Guimarães. Se as alas parecem pertencer a Pote e Sarabia, é bem verdade que o inglês seria escolha mais interessante do que Tabata e Jovane, na hora de mexer ou rodar a equipa. Desde que esta mexida não implique sacrificar a vinda de um avançado centro, parece-me uma excelente pista.

Queda nos Açores

3-2

10
Jan22

 

Design sem nome (4).png

O Sporting, sem Amorim no banco, perdeu por 3-2 nos Açores e caiu para o segundo lugar (o Porto venceu por 2-3 no Estoril). O jogo até parecia correr de feição quando Palhinha inaugurou o marcador mas o Santa Clara, bem organizado e a jogar bom futebol, empatou à meia hora, com golo de Jean Patric (transferido no dia seguinte). Sarabia, a abrir a segunda parte, faria o 1-2 mas Lincoln, no minuto seguinte, faria o 2-2. Ricardinho faria o 3-2 final, com Bragança a ser expulso (bem, ainda que nos jogos dos rivais tenham acontecido faltas semelhantes sem igual resultado) e Paulinho a falhar o 3-3 à boca da baliza. Segue-se o Leça, para a Taça.