Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Onze Visão do Peão do Mundial 2014

11.07.14, Francisco Chaveiro Reis
        Ochoa - Do modesto Ajaccio até à baliza do México, uma das melhores equipas em prova. Fica marcado pela exibiçao épica contra o Brasil. Vlaar - Corajoso, Vlaar cortou quase tudo. Mostrou que o Aston Villa é pequeno para si, Hummels - É um dos melhores do mundo. Ainda marcou o golo que deu a presença alemã nas meias. Rojo - Infelizmente não continuará (...)

Alemanha

10.07.14, Francisco Chaveiro Reis
    Foi um Mundial de surpresas, com a Espanha goleada no primeiro jogo e a ir para casa ao terceiro. Igual sorte tiveram Inglaterra, Itália e Portugal. Foi o triunfo de equipas artísticas como México e Colômbia. Foi o Mundial de revelações, sendo a maior, a Costa Rica. Foi um Mundial onde se viu o regresso em força do 3-5-2, usado em Itália nos anos 90 e que (...)

Um Argentina sem Tango

10.07.14, João Ferreira Dias
A Holanda de Robben não foi fantástica mas foi sendo sólida ao longo da prova. O clima era adverso, já sabíamos, mas ainda assim os da "laranja" souberam honrar as camisolas ainda que sem a arte de gerações de outrora, apresentando contudo um futebol bem ensaiado, com os seus processos bem definidos (mais uma lição para Paulo Bento - o futebol treina-se) e com Robben e Sneijder como desequilibradores. A Argentina por seu turno tem sido uma seleção de serviços mínimos, muito (...)

Argentina na final

10.07.14, Francisco Chaveiro Reis
      24 anos depois, a Argentina regressa a um final de um Mundial para defrontar a mesma equipa com quem perdeu a final de 1990: a Alemanha. Se vencer, Messi, mesmo "ausente" da prova pode começar a ameaçar Maradona como o melhor argentino de sempre e, sobretudo, gerações de argentinos sem títulos como Batistuta, Balbo, Riquelme, Gallardo ou Ortega poderão ser (...)

Tragédia brasileira

09.07.14, Francisco Chaveiro Reis
    No fim da partida histórica, David Luiz era o rosto do desespero. O defesa do PSG ajoelhou-se, rezou, deitou aos mãos ao céu e depois começou a chorar compulsivamente e a pedir desculpa a todos no estádio e ao país. O Brasil, maior potência mundial de futebol, foi humilhado em casa por 1-7, por uma Alemanha que nem estava a ser a máquina trituradora do (...)

Meias

08.07.14, Francisco Chaveiro Reis
      Joga-se hoje o Brasil-Alemanha que decide o primeiro finalista do Mundial 2014. O Brasil, mesmo jogando pouco, está a uma partida de cumprir o sonho de jogar a final em casa.   A vitória no domingo ajudaria os brasileiros a conquistar o sexto título e a distanciarem-se ainda mais das outras potências como Itália (4 taças), Alemanha (3), Argentina ou Uruguai (...)

Meias

07.07.14, Francisco Chaveiro Reis
    Brasil-Alemanha e Argentina-Holanda serão as meias-finais do Mundial 2014. O Brasil, terá feito o seu melhor jogo na prova e só assim, conseguiu afastar a fantástica Colômbia. Thiago Silva inaugurou o marcador e David Luiz, na transformação de um livre, descansou os adeptos. James reduziu, de penalty. Porém o jogo fica marcado pela lesão de Neymar, que sofreu (...)