Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Keizer sai

Francisco Chaveiro Reis
03
Set19

transferir.png

Marcel Keizer já não treinará os reforços Fernando, Bolasie e Jesé. O holandês não resistiu ao mau início de época (em 5 jogos, 2 derrotas,1 empate e 11 golos sofridos) e está de saída. Leonel Pontes, vitorioso comanante dos sub-23 assume os destinos da equipa até chegar um sucessor. Quem deveria ser? Um português, com experiência na nossa liga e com coragem para lançar jovens. Gosto de nomes como os de Miguel Cardoso (apesar das más experiencias recentes) ou Pedro Caixinha mas gosto sobretudo de Jorge Silas. Veremos o que aí vem. 

O senhor Marcel Keizer, chegado sem grande curriculo, passou por um grande clube e ajudou a conquistar mais dois trofeus para o Museu. Por isso e pela forma educada e correta como sempre se comportou merece o agradecimento leonino. Acredito que tenha dado o seu melhor. Em 42 jogos, alcançou 25 vitórias.

A mão à palmatória

Francisco Chaveiro Reis
10
Dez18

image.jpg

Quando Marcel Keizer foi anunciado como treinador do Sporting, poucos acreditaram que seria uma boa opção. Com pouco currículo para os seus quase 50 anos, era uma aposta arriscada que nem os holandeses entendiam. Hoje, 4 jogos depois, conquistou os adeptos leoninos. Nada ganhou e ainda pode evoluir muito, sobretudo a defender mas, em 4 jogos conquistou 4 vitórias, pôs a equipa a pressionar, ressuscitou Wendel, pôs Diaby a render e viu a equipa marcar 17 golos. É obra. 

O tio de Marcel Keizer

Francisco Chaveiro Reis
06
Nov18

783c47f4-2c43-4e22-9cc5-669a99766cdb_Ajax-aanvoerd

Marcel Keizer, suposto novo treinador do Sporting, tinha na família (morreu no início do ano) uma das maiores estrelas de sempre do futebol holandês. Era Piet Keizer, extremo esquerdo que fez toda a carreira no Ajax, vencendo três Ligas dos Campeões, uma Taça Intercontinental, duas Supertaças Europeias, uma Taça Intertoto, seis ligas holandesas e cinco taças holandesas. Keizer jogou no Ajax de 1960 até 1975, tendo convivido com nomes como Crujff, Suurbier, Krol, Rep, Neeskens, Haan ou até o jovem Van Gaal. Em 1971-1972, teve a sua melhor época, marcando 15 golos e vencendo Champions, liga e taça holandesas.

 

Rodolfo pode ser o adjunto de Keizer

Francisco Chaveiro Reis
05
Nov18

rodolfo-correiaa.jpg

Rodolfo, antigo médio defensivo de Porto, Estrela da Amadora, FC Porto, Beira-Mar, Varzim ou Académica, é apontado como favorito a ser adjunto de Marcel Keizer, suposto novo treinador do Sporting. Rodolfo tem tido várias experiências na Ásia, tendo trabalhado com Toni, Jesualdo ou Carlos Queiroz.