Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Palmeiras campeão

Santos desce

Francisco Chaveiro Reis
09
Dez23

Visão do Peão.pngQue viagem foi este Brasileirão. O Botafogo, líder durante 30 jornadas não venceu nenhum dos últimos 11 jogos e acabou a prova no quinto lugar, bom para os últimos anos do Fogão, mas uma tremenda desilusão tendo em conta o que prometeu esta época. O campeão, bicampeão no caso, foi mesmo o Palmeiras, de Abel Ferreira, que chegou a ter 14 pontos de atraso para o Botafogo. Com 70 pontos, fruto de 20 vitórias, 10 empates e 8 derrotas, o Verdão ficou à frente de Grémio, Atlético Mineiro e Flamengo. O Red Bull Bragantino, de Pedro Caixinha, foi segundo muito tempo, mas terminou em sexto.

Visão do Peão (1).pngO Palmeiras foi ainda a equipa mais concretizadora e aquela que menos golos sofreu. Em termos individuais, Luis Suarez, vice-campeão, foi o melhor jogador do campeonato, muito graças aos seus 17 golos e 11 assistências. O melhor marcador foi o extremo Paulinho, do Atlético Mineiro, que fez 20 golos, mais do que os 17 de Tiquinho Soares, do Botafogo, que passou por Nacional, Vitória SC e FCP e de Suarez.

Visão do Peão (2).pngMas a última jornada trouxe um choque. Pela primeira vez em 111 anos de vida, o Santos desceu à segunda divisão. Em risco, clubes como Vasco da Gama, Cruzeiro ou Corinthians escaparam à relegação. Marcos Leonardo ou Morelos não chegaram para ajudar os santistas.

Palmeiras quase campeão

Sonho do Botafogo a acabar

Francisco Chaveiro Reis
30
Nov23

Visão do Peão (10).png

O Palmeiras goleou, o Flamengo foi goleado e o Botafogo voltou a não vencer e o Brasileirão mais emocionante dos últimos anos pode ficar decidido já no domingo. O Palmeiras de Abel Ferreira pode voltar a ser campeão neste fim-de-semana. O Palmeiras tem agora 66 pontos, mais 3 do que Botafogo (empatou, mas subiu ao segundo lugar), Atlético Mineiro (venceu o Flamengo e subiu) e Flamengo.

No fim ganhará, provavelmente, o grande favorito Palmeiras, num campeonato liderado quase sempre pelo Botafogo. O Fogão dificilmente será campeão (não o é desde 1995) e dificilmente conseguirá fazer uma época deste nível nos próximos anos. Ao longo de 30 jornadas, foi líder e agora passa fase de 9 jogos sem vencer.

Brasileirão da emoção

Título sem dono na reta final

Francisco Chaveiro Reis
27
Nov23

Visão do Peão (3).pngContinua ao rubro o Brasileirão. A 3 jogos do fim, lidera o Palmeiras com 63 pontos, os mesmos do que o Flamengo e mais um do que o Botafogo. Bem perto estão Atlético Mineiro, com 60 e Grémio e Bragantino, com 59. Nesta jornada, o Flamengo subiu na tabela após vencer o América Mineiro por 0-3, com golos de Everton, Pedro e Éverton Ribeiro. Já Palmeiras e Botafogo empataram. O líder Verdão teve vida dura em Fortaleza empatando 2-2 e o Fogão, que desceu mais um posto após tantos meses na liderança, empatou com o Santos. Danilo Barbosa marcou para o Botafogo e quando já cheirava ao regresso às vitórias (e vão 8 sem vencer), Messias Júnior marcou para os santistas.

Botafogo escorrega de novo

Ainda pode ser campeão?

Francisco Chaveiro Reis
24
Nov23

Visão do Peão (7).pngO Botafogo já disputou o seu jogo em atraso, em Fortaleza e não conseguiu melhor do que empatar a duas bolas. Assim, a quatro jogos do fim, o Palmeiras é líder com mais um ponto do que o Fogão, líder isolado em quase todo o campeonato. Será que o clube ainda vai a tempo de conseguir ser campeão pela terceira vez na sua história e pela primeira desde 1995? Agora, parece pouco provável.

Botafogo cai

Menos um ponto do que Palmeiras

Francisco Chaveiro Reis
13
Nov23

Visão do Peão.pngPara o Botafogo a situação tem pouca graça, mas para a competitividade do campeonato brasileiro, são boas notícias. Nos últimos segundos, o Bragantino marcou, empatou o Botafogo e o clube que foi orientado por Luís Castro perdeu a liderança após 30 jornadas. A cinco jogos do fim, o Botafogo tem menos um ponto do que o Palmeiras, com um jogo a menos. Forteleza, Santos, Coritiba, Cruzeiro e Internacional são as equipas que estão no caminho do título do Fogão. Também Tiquinho, melhor marcador do Brasileirão durante quase toda a prova, foi superado nesta jornada por Paulinho, extremo do Atlético Mineiro que já passou pelo Leverkusen. Neste momento, o Palmeiras tem 62 pontos; o Botafogo, 60; Grémio e Bragantino, 59 e Flamengo e Atlético Mineiro, 57.

Botafogo perde vantagem

Nova derrota

Francisco Chaveiro Reis
07
Nov23

Visão do Peão (1).pngÉ bem verdade que tem um jogo a menos, mas, derrotado ontem no campo do Vasco da Gama, o Botafogo lidera agora o Brasileirão com os mesmos pontos do que o Palmeiras, em crescendo. Paulo Henrique fez o único golo do jogo, oferecendo a oitava derrota do Fogão na prova. Será que o Botafogo vai morrer na praia ou ainda consegue cumprir o sonho, que parecia uma certeza há poucos meses?

Botafogo perde

3-4 com Palmeiras

Francisco Chaveiro Reis
02
Nov23

Visão do Peão (2).pngMesmo tendo um jogo a menos, o Botafogo já só tem mais três pontos do que o segundo, Palmeira após o jogo de ontem entre as duas equipas. No Engenhão, o Botatafogo ainda se viu a vencer por claros 3-0 aos 36 minutos. Carlos Eduardo, Tchê Tchê e Júnior Santos levaram o líder para o intervalo, a vencer. Mas o Palmeiras tinha outros planos e virou o resultado. Endrick reduziu logo a seguir ao intervalo, mas foi preciso chegar aos 84 minutos para ver novo golo, pelo mesmo marcador. Lopez empatou aos 89 minutos e Murilo, já aos 9 minutos do tempo extra, deu a vitória ao Palmeiras.

Botafogo regressa às vitórias

Mais 9 pontos do que o segundo

Francisco Chaveiro Reis
09
Out23

Visão do Peão (3).pngJá sem Lage, o Botafogo voltou a vencer, cinco jogos depois e logo no campo do Fluminense. No Maracanã tudo se resolveu em dois minutos. Aos 20´, Júnior Santos fez o 0-1 e aos 22´, Tiquinho Soares, fez o 0-2 final e consolidou a sua posição de melhor marcador do Brasileirão, tendo agora 15 golos, mais 3 do que Marcos Leonardo (Santos) e Vítor Roque (Athletico Paranaeense, já contratado pelo Barcelona). Com o empate do Bragantino, o Botafogo tem agora mais nove pontos do que o segundo e mais onze do que Grémio e Palmeiras, que perderam, e Flamengo, que empatou. 

Botafogo na frente

6 vitórias em 7 jogos

Francisco Chaveiro Reis
22
Mai23

O Botafogo de Luís Castro venceu o Fluminense e continua líder isolado do campeonato brasileiro, surpreendendo tudo e todos. Palmeiras, Flamengo, Fluminense ou Atlético Mineiro são alguns dos favoritos que olham para cima. Em destaque tem estado Tiquinho Soares, ex-FCP, Vitória e Nacional que leva 6 golos e é o melhor marcador do Brasileirão. O plantel conta com vários jogadores que passaram por Portugal, como Marçal (Torreense, Nacional e Benfica); Carlos Eduardo (Estoril e FCP); Danilo Barbosa (Braga e Benfica) Philipe Sampaio (Boavista, Feirense e Tondela); Lucas Fernandes (Portimonense) ou Gustavo Sauer (Boavista). A prova começou com um 2-1 ao São Paulo; seguindo-se um 1-2 na casa do Bahia e um 2-3 na casa do Flamengo. Depois, 2-0 ao Atlético Mineiro e 3-0 ao Corinthians. Ao sexto jogo, derrota em Goiás e ontem, regresso à normalidade. O Botafogo promete!

Mengão é campeão

Ceni levou clube a sétimo título

Francisco Chaveiro Reis
01
Mar21

Propaganda de Moda Capa para Facebook (3).jpg

Aos 48 anos, Rogério Ceni é novamente campeão brasileiro, desta vez como treinador, após três títulos como futebolista. E o jogo decisivo até envolveu o São Paulo, clube do qual Ceni é figura histórica central – é o jogador que mais vezes representou o clube e ainda marcou 131 golos, números históricos para um…guarda-redes. O Flamengo perdeu 2-1 na casa do São Paulo, mas o empate do Internacional, permitiu fazer a festa.

Se o título do ano passado, com Jesus, quase passou despercebido no meio da festa da conquista da Libertadores, este, mais sofrido, foi bem mais festejado. O Mengão acabou o Brasileirão com 21 vitórias, 8 empates e 9 derrotas contra as 28 vitórias, 6 empates e 4 derrotas do ano anterior. O Flamengo voltou a ser o melhor ataque (68 golos) mas desceu a produtividade (tinha marcado 86 no ano anterior). Gabibol, desta feita, ficou-se pelos 14 golos, menos 11 do que na campanha com Jesus. Mas, o título vale o mesmo, sobretudo num clube gigante como o Flamengo que conquistou apenas o seu sétimo campeonato nacional.

Voltemos a Ceni. Depois de jogar pelo São Paulo, entre 1990 e 2015, o antigo goleiro virou técnico. Começou, claro, no clube do coração, mas foi no Fortaleza que se destacou, vencendo várias competições regionais do Ceará. Pelo meio, passou, sem sucesso, pelo Cruzeiro. Depois do falhanço de Domènec Torrent, aterrou no Flamengo para ser campeão, mesmo tendo passado por tempos muito complicados.

Curiosa, é história de Abel Braga nos últimos dois campeonatos. No ano passado, começou no Flamengo, sendo substituído depois por Jesus, campeão. Este, orientou o Inter, que perdeu o campeonato na última jornada. Assim sendo, só orientou um campeão, uma vez: o Fluminense de 2012.

Jesualdo Santos

Francisco Chaveiro Reis
08
Jan20

jesualdoferreira2DR.jpg

Aproveitando a porta escancarada por Jesus, Jesualdo acaba de ser apresentado no Santos. O desafio é o mesmo. Fazer de um gigante adormecido, campeão brasileiro e continental. Aos 73 anos, Jesualdo tem um percurso longo e positivo mesmo que não tenha acumulado muitos títulos ou que a sua única experiência numa liga de topo (no Málaga) tenha sido duradoira. O professor estava no Catar desde 2015, onde venceu 4 dos 12 trofeus que tem na carreira, sendo os mais significativos, três campeonatos em Portugal, pelo FC Porto.

No campeonato que terminou há pouco, o Santos conquistou o segundo posto, em igualdade pontual com o Palmeiras, ficando a 16 pontos do Flamengo. Jorge, Derlis e Evandro, que já passaram pela liga portuguesa e a estrela Eduardo Sasha são os nomes mais reconhecíveis do plantel do ano passado, que tinha ainda Bryan Ruiz, que não teve sucesso no Brasil. Mas já se sabe que os planteis no Brasileirão são um corpo em permanente mudança.

Esse será o primeiro desafio de Jesualdo. Formar um plantel de qualidade. A escola que já deu Pelé e Neymar ao mundo, terá novas pérolas a despontar – Yuri Alberto - mas depois de Jesus, é de esperar que o Santos olhe para a Europa em busca de brasileiros europeizados ou mesmo de jogadores europeus. Ricardo Quaresma é nome falado, mas tendo Jesualdo sido apresentado apenas hoje, é provável que os nomes associados ao Peixe comecem a surgir apenas nos próximos dias.

O segundo desafio de Jesualdo será mostrar que não é Jesus, mas que tem qualidade. O professor só tem a nacionalidade e profissão em comum com o herói do Fla, o que não quer dizer que não possa fazer um bom trabalho, mas claro, o Santos luta para ser campeão e Jesus fará o mesmo, levando vários meses de vantagem.

O terceiro desafio, muito ligado ao segundo, passa pela relação com a imprensa. Não ganhando, a tarefa será dura e a crítica, sem piedade. Mesmo sendo um homem muito experiente, a pressão será maior do que nunca.