Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Andrès de Porto de Alegre

Mais um regresso, aos 40 anos

Francisco Chaveiro Reis
10
Jan22

Design sem nome (3) (1).png

Aos 40 anos, Andres D´Alessandro, um dos “novos Maradonas” (tal como Ortega, Gallardo ou Aimar) regressa aos brasileiros do Inter para terminar a carreira. D´Alessandro estreou-se em 1999-2000 na equipa principal do River Plate, onde esteve até 2003, convivendo com Higuaín, Cavenaghi, DeMichelis, Aimar, Ortega, Angel ou Yepes. Chegou em 2003 à Europa para duas épocas e meia no Wolfsburgo, no meio da tabela e meia num Portsmouth de fim de tabela. Seguiram-se duas épocas em Saragoça.

Regressou pouco depois à América do Sul, para 24 jogos pelo San Lorenzo e em 2008, juntou-se ao Inter de Porto Alegre, onde ficou até 2016. Nessa altura, já somava 331 jogos e 71 golos. Em termos de títulos, destaque máximo para a Copa Sulamericana de 2008 e a Libertadores da América de 2010. Emprestado, regressaria ao River, para mais 29 jogos e regressaria a Porto Alegre. Continuaria a estrela da companhia e faria mais 175 jogos e marcaria mais 19 golos. O amor seria interrompido para uma estadia no Nacional, do Uruguai. Regressa agora ao Inter, para a fase final da sua carreira, quem sabe para subir na lista de jogadores com mais partidas pelo Inter (para já, é terceiro). 

Douglas na segunda

Extremo desce com clube

Francisco Chaveiro Reis
03
Jan22

Design sem nome.png

Douglas Costa chegou a dar nas vistas na Europa, ao serviço de gigantes como Bayern e Juventus, mas agora, prepara-se para jogar na segunda divisão brasileira. Costa, extremo internacional brasileiro, de 31 anos, está disposto a jogar pelo Grémio na segunda divisão, algo que, claro, muito agrada ao clube. Costa formou-se no Grémio e por lá ficou até 2009, altura em que trocou o Brasil pela Ucrânia. Douglas tornou-se numa das estrelas do Shakhtar Donetsk, onde foi tendo a companhia de diversos brasileiros como Fernandinho, Jadson, Willian, Luiz Adriano ou Taison. Por lá, venceu cinco campeonatos, três taças e três supertaças. Seguiram-se dois anos no Bayern, onde participou em 77 jogos, marcando 14 golos e fazendo 20 (!!) assistências. Apesar dos bons números, foi emprestado à Juventus e lá ficaria um total de três épocas, antes de regressar a Munique para mais vinte jogos e um golo. Pelo Bayern, venceu três campeonatos, uma supertaça e um Mundial de Clubes e pela Juve, três campeonatos, uma taça e uma supertaça. É este o currículo invejável que Costa leva para a segunda divisão.

Paulo Sousa no Mengão

Novo português no Brasil

Francisco Chaveiro Reis
27
Dez21

Design sem nome (2) (33).png

Depois do namoro alvinegro em Lisboa e do péssimo resultado do Benfica no Dragão, esperava-se novo deslize no Porto para que Jorge Jesus trocasse a Luz pelo Maracanã. Mas, o Flamengo quer fechar o dossier o quanto antes e depois de supostamente ter sido bloqueada uma entrevista de emprego a Carlos Carvalhal, escolheu Paulo Sousa.

Por um lado, o Flamengo prescinde daquela que parecia ser a sua primeira escolha, o que até se entende, depois dos desmentidos de regresso imediato, mesmo que essa até possa ser a vontade dos adeptos, maioria da direção e do próprio treinador. Por outro, entende-se que queira fechar o dossier e seguir em frente com a preparação.

A escolha recai, pois, em Paulo Sousa que tem tido uma carreira algo errática, com mais baixos do que altos. O antigo jogador de Benfica, Sporting, Juventus, Dortmund ou Panathinaikos, passou por Inglaterra, Hungria, Israel, Suíça, Itália, China e França e é atualmente selecionado da Polónia, onde as reações à sua “deserção” têm sido muito pouco simpáticas. Também em Porto Alegre, Paulo Sousa não ficou bem visto, já que estava para ser o novo treinador do Inter.

Cruzeiro Fenomenal

Ronaldo compra novo clube

Francisco Chaveiro Reis
20
Dez21

Design sem nome (2) (32).png

Ronaldo Nazário de Lima, Fenómeno para todos os que o viram jogar nos anos 90 e 00, acaba de se tornar dono do Cruzeiro, clube onde começou a carreira e que representava quando foi chamado ao Mundial de 1994. Pelo clube de Belo Horizonte, Ronaldo fez 44 golos em 47 jogos, mudando-se depois para a Europa, pela porta do PSV. Ronaldo, igualmente dono do Valhadolid, comprou o Cruzeiro por mais de 60 milhões de euros e o plano é devolver o clube à sua glória, começando por o resgatar da série B. O Cruzeiro Esporte Clube foi fundado em janeiro de 1921, já venceu quatro campeonatos, seis taças e duas Libertadores da América.