Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Euro 2016 - Polónia, Gales, Portugal, França, Alemanha e Bélgica já estão nos quartos

Francisco Chaveiro Reis
27
Jun16

croatia-portugal-ricardo-quaresma-euro-2016-250620

Já existem seis equipas apuradas para os quartos de final do Euro 2016. No sábado, jogo algo chato (tendencia do dia) entre Suiça e Polónia. Kuba adiantou os polacos mas Shaquiri, com o golo da competição até agora, levou o jogo para prolongamento. Nas grandes penalidades, apenas Xhaka falhou e os polacos têm encontro marcado com Portugal. No segundo jogo, autogolo muito infeliz de McAuley e a Irlanda do Norte, cheia de garra, ficou pelo caminho. Gales não esteve tão bem como na primeira fase mas segue em frente. No último jogo, apesar dos executantes de grande craveira, Croácia e Portugal anularam-se, não se vendo a magia esperarda. Quaresma, aos 117 fez o único golo numa jogada em que o cansaço croata foi determinante. Santos apostou em Cédric, Adrien e Fonte, que deram boa resposta. Pepe foi o melhor em campo e  Sanches trouxe muita energia.

hazard.jpg

Já ontem, a França viu-se a perder com a República da Irlanda, graças a penalty de Brady. Mas Griezmann, melhor francês da atualidade, virou em três minutos. A França esteve muito perto do terceiro por Griezmann e Gignac. A Alemanha venceu com classe e tranquilidade a Eslováquia. Boateng, Gomez e Draxler foram os herois. À noite, Bélgica e Hungria encontraram-se. De cabeça, Alderweireld adiantou os belgas que dominaram a primeira parte. Na segunda, a maior capacidade física húngara ameaçou o empate mas num final louco, Michy, Hazard e Carrasco deram o 4-0 final.

Euro 2016 - Portugal apura-se só com empates

Francisco Chaveiro Reis
22
Jun16

d196ab704480d54b622c45955f4c1223-kuBG-U10809137752

Num jogo emocionante, Portugal empatou com a Hungria a três bolas. A Hungria marcou primeiro por Zoltan Gera mas antes do intervalo, Nani empatou. Na segunda parte, a Hungria voltou a adiantar-se no marcador por duas vezes, com remates de Dzsudzsák  e a bola a ressaltar para a baliza. Das duas vezes, Ronaldo empatou, na primeira vez, com um golão de calcanhar. Candidato a vencer o grupo facilmente, Portugal acabou num miserável terceiro posto, com quatro golos marcados e outros tantos sofridos e sem uma única vitória. A Hungria, forte candidata ao último lugar, venceu o grupo. Em terceiro posto, passou a Islândia, após vencer a Áustria por 2-1, com golos de Bodvarsson e Traustason. Schopf marcou o golo austríaco. Nos outros jogos do dia, apuramento da República da Irlanda após vitória sobre a Itália. 1-0, perto do fim, com golo de Brady, um dos melhores jogadores irlandeses. A Bélgica passa em segundo após um 1-0 à Suécia, golo de Nainggolan.

Euro 2016 - Lukaku mostra-se

Francisco Chaveiro Reis
19
Jun16

gols_belgica_irlanda_euro_2016.jpg

Ao oitavo dia, vitória claríssima da Bélgica sobre a República da Irlanda, a abrir o dia. Lukaku bisou e calou os seus críticos, Witsel fez o outro golo. A Irlanda esteve muito longe da qualidade demonstrada no primeiro jogo. No grupo de Portugal, a Islândia mostrou-se novamenete fechada e sem grande imaginação mas marcou primeiro, de penalty, por G. Sigurdsson, sua estrela. A bela Hungria, empatou perto do fim e garantiu o apuramento. Szalai atrapalhou a defesa mas o golo foi de Saevarsson, na própria baliza.

GettyImages-541084248.jpg

À noite, jogo de Portugal e novo empate. Ronaldo atirou um penalty ao poste e os vários remates e cruzamentos nunca foram eficazes. Portugal tem que ganhar o último jogo para seguir em frente. William e Raphael estiveram bem.

Euro 2016 - República da Irlanda arranca grande exibição

Francisco Chaveiro Reis
13
Jun16

los-jugadores-republica-irlanda-celebran-gol-hoola

Ao quarto dia, a campeã da Europa entrou em campo. E como a França ou a Alemanha, desiludiu mas venceu. A Espanha só venceu com um golo de Piqué a cinco minutos do fim. A República Checa deu boa réplica (Darida em destaque) e merecia pontuar. No segundo jogo do dia, bela exibição da República da Irlanda, liderada por Hoolahan, sempre a dominar a Suécia. Os verdes marcariam primeiro por Hoolahan, médio do Norwich. Long, Walters ou Hendrick bem tentaram seguir-lhe o exemplo mas não conseguiram. A Suécia, desisnpirada, empataria após boa jogada na qual Guidetti deu de calcanhar para Ibrahimovic cruzar. Clark, azarado introduziu a bola na própria baliza. Pelo que seu viu, a Suécia tem muito que fazer para não ficar no último posto. Destaque para Lindeloff, Olsson e Guidetti. Ibra não esteve bem. À noite, o futebol bonito da Bélgica esbarrou na experiência italiana. Os italianos, sem grandes estrelas e olhados de lado pela Europa do futebol, mostraram a sua classe e dominaram os segundos classificados do ranking UEFA. Giacherinni e Pellè marcaram os golos do 2-0-

Os 23 - Bélgica

Francisco Chaveiro Reis
19
Mai16

622_fd6b326f-2d42-38a0-8f29-ea2feef2be33.jpg

Guarda-redes- Gillett (Mechelen), Courtois (Chelsea) e Mignolet (Liverpool);

Defesas- Meunier e Engels (Club Brugges), Lukaku (Oostende), Vermaelen (Barcelona), Alderweireld e Vertonghen (Tottenham), Lombaerts (Zenit), Boyata (Celtic) e Denayer (Galatasary);

Médios- Witsel (Zenit), Nainggolan (Roma), Fellaini (Unted), De Bruyne (City) e Dembelé (Tottenham);

Avançados- Lukaku (Everton), Origi e Benteke (Liverpool), Mertens (Nápoles, Carrasco (Atlético), Hazard (Chelsea) e Batshuayi (Marselha).

 

Análise - Esta é umas das melhores gerações de sempre da Bélgica com jogadores de grande qualidade e a jogar nas melhores ligas do mundo. Não há baixas a registar.

A estrela - Se o Hazard de 2014/2015 comparecer no Euro, será um dos melhores do torneio.

O onze deve ser - Courtois, Alderweireld, Vertonghen, Vermaelen e Lukaku, Witsel, Nainggolan e Dembele; Hazard, Lukaku e De Bruyne. 

Jogador do passado que dava jeito - Esta é uma equipa completíssima. Seria um gosto ver Luc Nilis ser servido por De Bruyne ou Hazard.