Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Visão do Peão

Sporting encalha no Bessa

28.09.15, Francisco Chaveiro Reis

1024.gif

 

Os três grandes continuam a jogar pouco, tendo em conta aquilo que deles se esperava. Ainda, assim, dois deles, Porto e Sporting, continuam a liderar e o terceiro, Benfica, olha para eles de perto, com menos dois pontos.

 

Na sexta, o FCP, em poupanças para a receção ao Chelsea, empatou em Moreira de Cónegos. Na vila minhota, até marcou primeiro, por Maicon mas Iuri Medeiros empatou. Corona voltou a adiantar os portistas. Aos 88 minutos, Fontes fez o 2-2 final. No dia seguinte, o Benfica venceu e aproximou-se da equipa com a qual tinha perdido no fim-de-semana anterior. Jonas desbloqueou um jogo dificil, com um grande golo. Guedes e Jonas deram o 3-0 final. Melhor resultado do que a exibição.  

 

E o Sporting, que poderia ter-se isolado na liderança, falhou redondamente no Bessa. O Boavista foi um adversário combativo e a arbitragem foi má, mas pior foi o futebol do Sporting. O futebol ofensivo da equipa de Jesus depende de um jovem extremo que deveria ser lançado aos poucos. Por falta de opções, é nos seus ombros que caem as esperanças leoninas. E, por muito bem que jogue, é jovem e tem que ter espaço para errar. Ruiz parece ainda muito cansado e a jogar fora da sua posição e Téo não rende. Estes dois reforços, experientes, com créditos firmados e com altos salários não estão a ser os jokers que se esperava que fossem. A isto soma-se os eclipses de João Mário, Jefferson ou Montero. Mais valias, para já, apenas Gelson, Adrien e Slimani. Não chegam. De saudar o regresso de William mas, o futebol ofensivo, esse, está muito carente.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.