Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Sporting acaba semana terrível com derrota em campo

Francisco Chaveiro Reis
21
Mai18

transferir.jpg

O Desportivo das Aves venceu, e bem, o Sporting por 2-1 e conquistou a Taça de Portugal. O modesto clube aproveitou o desnorte da equipa do Sporting após semana de horror e graças a dois bons contra-ataques marcou por Alexandre Guedes, curiosamente formado em Alvalade. O Aves, bem montado, contou ainda com a segurança de Quim, que defendeu tudo e ainda com homens de qualidade no meio-campo como o experiente argentino Tissone. Acredito que em condições normais, o Sporting venceria uma vez que foi visível o mau posicionamento da equipa e o facto de alguns jogadores estarem alheados do jogo ou em défice físico. O Aves não tem culpa e aproveitou para protagonizar um momento histórico.

 

mw-860.jpg

Notas:

Não gosto nada de vitórias morais (como jogáramos muito bem com o Real Madrid mas perdermos mas o Sporting ganhou ontem ao entrar em campo. Mas ficaram claras as marcas psicológicas e físicas. O jogo deveria ter sido adiado (bem sei que vem aí o Mundial e que o calendário e aí o Aves poderia ter tido papel de relevo. Volto a dizer que o Aves não tem culpa da situação e aproveito-a mas poderia ter tido um papel de maior elevação;

No seguimento do ponto anterior não posso deixar de criticar José Mota que se voltou contra a comunicação social. Mota tem que entender que o Sporting tem outra dimensão e que o que aconteceu em Alcochete é um horrível acontecimento que “merece” toda a atenção mediática. José Mota deveria apenas parabenizar o colega treinador e um grupo de trabalho que quis respeitar o jogo;

Igualmente mal esteve José Alves ao afirmar que o jogo do Sporting devera ter sido preparado de outra forma e com maior profissionalismo. O clubismo sobrepôs-se à solidariedade de classe e ao bom sendo;

Temi que muitos confrontos pudessem ocorrer neste clima de guerra civil leonina. Felizmente, estava errado. Atentas, as autoridades fizeram algumas detenções mas em geral o espirito foi de festa.

Tive pena que tantos adeptos abandonassem as bancadas a 20 minutos do fim. Primeiro, os jogadores mereciam apoio incondicional até ao fim, depois, sabe Deus como é difícil conseguir bilhete para o Jamor para ser assim desperdiçado.