Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Visão do Peão

Regresso às vitórias

23.02.15, Francisco Chaveiro Reis

Sporting_Gil_Vicente_Nani-890x395.png

 O Sporting venceu o Gil Vicente por 2-0, voltando assim às vitórias após a derrota na Alemanha e dois empates na liga. Com mais de 42 mil pessoas nas bancadas (!!!!) a equipa da casa, com Lopes, Martins, Mané e Tanaka no onze entrou apática e deixou os gilistas fazer o seu jogo. A primeira parte foi mal jogada, tendo sido o tédio quebrado por três vezes: Mané falhou duas vezes à frente da baliza e João Mário foi derrubado, em mais um lance de penalty não assinalado.

Na segunda parte, dois golos. Primeiro por Tanaka (não sendo matador, o japonês trabalha muito e acrescenta mais à equipa do que Montero neste momento) de joelho após grande desvio de cabeça de Nani. O 77 faria depois o 2-0, no momento da noite. O extremo recebeu a bola, deu um toque de joelho e rematou a 30 metros da baliza. É já o golo do campeonato. Nani ajoelhou-se e chorou. No fim, admitiria estar numa má fase e que já jogara com dor. Sairia sob chuva de aplausos. Estará ganha a motivação de que necessita para levar a equipa às costas?

Na baliza, Patrício, muito aplaudido teve pouco trabalho. No centro, Tobias e Oliveira estiveram seguros, com nota mais para o primeiro. Nas alas, Lopes e Jefferson foram alas, com qualidade no cruzamento. William voltou a ser o patrão, Martins nada fez para justificar a oportunidade e Mário foi dos melhores. Nani e Mané passaram ao lado do jogo e Tanaka mostrou ser a opção menos má para o centro do ataque. Gauld, Capel e Carrillo estiveram discretos.