Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Visão do Peão

Reforços caros

14.10.14, Francisco Chaveiro Reis

 

ng4BEAE046-BE54-4E0B-B90A-03A0B5269223.jpg

Não concordei com a política de contratações do Sporting para este ano mas, se os reforços foram contratados, e alguns por bom dinheiro, que joguem. Sakho, Tanaka, Slavchev, Gauld ou Geraldes não jogaram um minuto pela equipa A. Vamos ver, caso a caso, todos os reforços.

Para a defesa, pedia-se um patrão para fazer companhia a Dier e Rojo. Não só não chegou, como estes dois saíram. Ficou Maurício, esforçado mas limitadíssimo, e chegaram Oliveira, Sarr e Rabia. Três miúdos. O primeiro, internacional sub-21, tem tudo para se assumir como titular mas, seria melhor se, no seu primeiro ano tivesse dois patrões a ensiná-lo. Sarr, lançado às feras, tem-se mostrado um "passador". Pode vir a ser um bom jogador mas perdeu a confiança dos adeptos e será difícil recuperá-la. Rabia, outro jovem, chegou lesionado. Começa agora a treinar mas, antes de sequer pensar em lança-lo, é preciso que ganhe ritmo e se adapte à nova realidade. Em resumo, Sarr e Rabia, que, juntos, somam cerca de dois milhões gastos, nada trazem a mais do que Tobias, Semedo ou Duarte, jovens da casa e de grande qualidade. De Geraldes, nem se fala. Mais de meio milhão para ser opção atrás de Cédric, Esgaio, Lopes e Riquicho.

Pior cenário no meio-campo. Rosell tem bom toque de bola mas não tira o lugar a William, mesmo em baixo de forma. Ao menos vai jogando. Slavchev, "O Lampard da Bulgária", esse, fez uns minutos pela equipa B. Custou cerca de 2.5 milhões e vinha como alternativa a Adrien. Um 8 de classe com bom pontapé. Nada mostrou. Com 20 anos, o que tem a mais do que Wallyson? Chegou, ainda, Gauld, titular....na equipa B. É muito jovem e é aposta de futuro mas, 10 de futuro, há já Chaby. Não? O que traz o escocês? Em tempo de vacas magérrimas, custou cerca de 3 milhões e não é reforço de presente.

De futuro é, também, Sakho. Extremo como Mané, Nani, Carrillo, Capel, Heldon, Dramé, Iuri ou Gelson, pouco pode acrescentar. Custou mais um milhão. Na equipa A não joga. Tanaka, de quem desconfiei e depois, de quem gostei na pré-época, também não joga. Custou quase um milhão. Serão reforços low-cost quando comparados com os milhões gastos por FCP e SLB mas, se não jogam, são reforços demasiado caros. Chegou Nani, grande reforço, mas faltaram chegar mais dois ou três que acrestassme qualidade. Dois centrais e mais um extremo teriam sido essenciais. E tanto milhão gasto em vão, poderia ter sido usado em reforços que...jogassem.

Jonathan e Nani, esses, são de facto, reforços.

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.