Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Visão do Peão

Parma em queda

24.02.15, Francisco Chaveiro Reis

1444852_w2.jpg

 

 

O Parma foi, até 2004, uma equipa de topo do futebol italiano, intrometendo-se na luta de Juventus, Milan, Inter e Roma. Foi, também, uma equipa de topo do futebol europeu.

 

Viveu, entre 1992 e 2002, uma época de ouro na qual conquistou duas Taças UEFA; uma Supertaça Europeia e três Taças de Itália. Nunca conquistou o scudetto mas contou com jogadores fabulosos como Crespo, Zola, Asprilla, Chiesa, Dino Baggio, Cannavaro, Thuram e Buffon, entre muitos outros (Fernando Couto ainda lá brilhou, Paulo Sousa passou por lá já na fase menos). Em 2004, a Parmalat, sustento do clube, faliu e o clube começou a cair. Essa queda pode terminar este ano com o fim do clube.

 

A equipa de Pedro Mendes e Silvestre Varela está afogada em dívidas, não paga aos jogadores desde julho e o último jogo em casa não se realizou por falta de dinheiro para garantir a segurança do estádio. Vendido por um euro, o clube precisa de 100 milhões de euros para voltar à tona. Não vai acontecer. Como a Fiorentina em 2002, o destino do Parma passa por ser despromovido à Série D, recomeçando do zero.

 

O plantel ficara livre para assinar por outros clubes. Triste história.

1 comentário

Comentar post