Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Os móveis

E os pinheiros

Francisco Chaveiro Reis
20
Abr22

Visão de Peão (1).png

A figura de avançado tem mudado nos últimos tempos. Nos anos 90 e 2000, pensava em homens como Trezeguet, Inzaghi, Weah, Kluivert ou Suker, mesmo que fossem muito diferentes entre si. Depois, Messi e Ronaldo, que começaram como extremos, mudaram o paradigma e os avançados móveis ficaram cada vez mais na moda. A seleção espanhola, cheia de glória, chegou a jogar com Iniesta ou Fabregas a fazer de avançado. Vejamos quem são os melhores marcados das melhores ligas.

Em Inglaterra, Lukaku, por exemplo, leva apenas 5 golos. É Salah quem mais marca – 22. Son segue-se com 17 e Jota, com 15, será o homem mais parecido com um 9, mas ainda assim está longe de o ser. Na verdade, os três encaixariam mais como extremos do que como avançados centro, mas, os golos são deles. O City, possível campeão, divide de tal forma os seus golos que o melhor marcado – De Bruyne – só soma 11. E a equipa já leva mais de 70.

Em Espanha, a tradição voltou a ser o que era e quem manda é o 9 do Real, Benzema, com 25 golos. Está longe de ser alguém parado na área, mas ao menos, é um avançado centro. Unal (Villarreal) segue a tendência e leva 15 golos, tantos como De Tomás, esse mais semelhante a Benzema. Em Itália, dominam Immobile, Vlahovic e Simeone. São 9´s mais tradicionais, mas já se sabe que o futebol italiano não está na moda.

Em França, lidera Mbappé, móvel e provável candidato a Bola de Ouro, nos próximos dez anos. Terrier, do Rennes, é o segundo melhor marcador e é também ele, móvel. Bem Yedder, mais 9 do que 7, 10 ou 11 fecha o trio. Pela Alemanha, só Lewandowski poderia reinar, ele que é um 9 mais à antiga, também porque na forma de jogar do Bayern e face à falta de concorrência, pode ter uma postura mais predadora. Schick e Halaand mostram que na Bundesliga ainda compensa ser 9 de área.

Por cá, depois do sucesso de Pote na época passada, Sarabia tem tentado seguir o caminho, apesar de ainda estar longe dos números do colega. Luiz Diaz também esteve goleador até janeiro, mas quem lidera a tabela é Darwin, mistura de 9 e de avançado móvel. Taremi é segundo, mas em terceiro está Ricardo Horta, o Pote deste ano.

Curiosamente, na Escócia, o melhor marcador não é 9 nem avançado móvel, é médio. Chama-se Regan Charles-Cook e joga no Ross County. Apenas na Sérvia há um português (nascido em Cabo Verde, com dupla nacionalidade) no topo da tabela: Ricardo Gomes, com 22 pelo Partizan.