Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Visão do Peão

Visão do Peão

Nulo positivo

Fim da participação europeia

Francisco Chaveiro Reis
10
Mar22

Visão de Peão.png

Para a história fica que o Sporting empatou na casa de uma das melhores equipas do mundo. O 0-0 em Manchester é o melhor resultado de sempre do Sporting nos oitavos da Champions League, uma vez que nos três jogos anteriores tinha sido goleado em casa por 0-5, duas vezes e 7-1, em Munique. Aliás, o Sporting até teve boas oportunidades para fazer o 0-1, por Reis, Porro ou Paulinho, mas não conseguiu desfeitear Ederson nem Carson (Guardiola deu tempo de jogo ao seu terceiro guardião, mostrando bem o espírito do jogo).

Com a eliminatória decidida e com as duas equipas com várias baixas (faltavam ao City, Walker, Dias ou Cancelo e ao Sporting, Palhinha, Nunes ou Bragança) o ritmo acabou por ser de treino e na segunda parte até pareceu haver um pacto de não agressão. O empate parece ter sido mais permitido do que que conquistado mesmo que o City tenha tentado a sorte, sobretudo por Sterling e Jesus.

Num jogo em que Pep apostou em Egan-Riley de início e depois deu minutos a outros miúdos, como Mbete-Tatu e McAtee, Amorim deixou Veiga e Essugo no banco, mas estreou Rodrigo Ribeiro, ponta-de-lança de 16 anos. Fica o nulo para a história e mais alguns milhares ganhos.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.