Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Mercado

Vem aí um central e um avançado

Francisco Chaveiro Reis
27
Dez22

Visão do Peão (1).png

Janeiro está à porta e a acreditar nas notícias, devem chegar três reforços a Alvalade. O primeiro será mesmo o argentino Tanlongo, de 19 anos. O médio centro acaba contrato com o Rosario Central e assina a custo zero. Mateo Tanlongo mesmo com a sua idade, já fez 35 jogos na primeira divisão argentina. É difícil que seja opção desde logo, mas é reforço de qualidade e de futuro. Idealmente, chegaria outro médio, mais experiente, para lutar com Ugarte e Morita, mas já se sabe que o dinheiro é escasso e que Essugo, Mateus e Sotiris estão a fazer o seu caminho.

O segundo alvo é um defesa central, que jogue pela direita. Neto tem estado lesionado e St. Juste, que mostra serviço, também tem passado metade do tempo de fora. Ousmane Diomandé, emprestado pelo Midtjylland ao Mafra seria uma opção, num negócio de cerca de 5 milhões de euros. Mais experiente e provavelmente mais barato, seria o eslovaco Martin Valjent, do Maiorca. Mais velho do que o marfinense, com passagens por Itália e Espanha, seria opção interessante, mesmo que desse um salto gigantesco na carreira e no grau de exigência. Nino, campeão olímpico pelo Brasil foi apontado e o interesse já foi desmentido. Llinás, colombinado de 25 anos, a jogar no Milionários também foi apontado pela imprensa.

Por fim, o ataque. O Sporting não tem um ponta de lança tradicional e mesmo querendo Amorim que a equipa jogue com um ataque móvel, um avançado de área pode dar muito jeito contra equipas mais fechadas. Segundo a imprensa, pode haver 8 milhões para este negócio. Aqui, não transpiraram ainda nomes, mas fala-se no mercado sul-americano. O valor não permite sonhar muito alto, mas será suficiente para uma boa opção, sobretudo para alguém que deverá estar na sombra de Paulinho. Aposto na vinda de um jovem, claro.