Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Visão do Peão

Mano a Man até ao fim

26.04.19, Francisco Chaveiro Reis

167974812.png

A três jornadas do fim da Premier League, Manchester City e Liverpool continuam colados um ao outro. O City tem mais um ponto do que o Liverpool e leva a vantagem de depender apenas de si para festejar mais uma vez. Já o Liverpool tem que fazer a sua parte e esperar por uma escorregadela do rival. Convenhamos que numa liga tão competitiva, não é de excluir a possibilidade de mesmo uma equipa com o poderio do City, poder perder pontos.

Fundado há 125 anos, o City pode vencer o seu sexto campeonato inglês (com efeito tem mais campeonatos da segunda divisão – sete - do que tem da primeira). Campeão em título, o City festejou três dos seus cinco títulos na sua era “novo rico”. Já o Liverpool, muito maior em termos de palmarés, conta com 18 campeonatos mas festejou o último em 1990.

O Liverpool conseguiu dar luta em 2001/2002, com Owen, Anelka, Fowler, Heskey, Litmanen ou Gerrard, mas perdeu a corrida para o Arsenal, ficando com menos sete pontos do que os comandados de Arsene Wenger. Em 2008/2009, novo segundo lugar, ficando, desta feita, a 4 pontos do Manchester United de Alex Fergunson e de Cristiano Ronaldo, Rooney, Giggs ou Ferdinand. Mas foi em 2013-2014, que os fãs do Liverpool mais tiveram razões para sonhar. O clube ficou a apenas dois pontos do…Manchester City. Na altura, Luis Suarez era a estrela maior, segundada por Sturridge, Gerrard e pelo jovem Sterling, hoje um dos melhores jogadores do…City.

Em termos emocionais, o mundo está com o Liverpool que procura regressar ao sucesso interno mas Guardiola pouco quererá saber disso.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.