Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Visão do Peão

KB 222

22.04.19, Francisco Chaveiro Reis

karim-benzema.png

O internacional francês Karim Benzema não tem tido vida fácil. Olhado de lado desde que chegou a Madrid por não ser um prodígio de técnica quando comparado com os seus galácticos colegas e riscado da seleção francesa, a verdade é que o avançado é titular de uma das maiores equipas do mundo há dez anos. Nesses dez anos, nove com Ronaldo, Benzema foi determinante para o jogo ofensivo da equipa como Ronaldo já admitiu. Mas os números do francês falam por si. Em dez anos, esteve no 11 que venceu 4 Campeonatos do Mundo de Clubes, 4 Ligas dos Campeões, 3 Supertaças Europeias, 2 ligas espanholas, 2 Taças do Rei e duas supertaças de Espanha. A nível pessoal, nunca chegou ao nível estratosférico de Ronaldo mas é difícil encontrar quem faça melhor: 222 golos, ou seja uma média de golos de 22 por época. Nada mau. E não é que não tenha tido quem lhe fizesse frente: Higuaín, Van Nistelrooy, Raúl, Adebayor, Morata (duas vezes), Willian José, Chicharito Hernandez ou Mariano (duas vezes) ambicionaram o lugar do francês que é frequentemente associado a outros clubes. A sua hora de sair, chegará, uma vez que nem Ronaldo resistiu à sede inesgotável de mudança do Real mas quando sair, Benzema deverá ter orgulho do seu percurso.