Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Históricas descidas

De Leicester a Génova

Francisco Chaveiro Reis
29
Mai23

O último dia de Premier League 2022-2023 confirmou as descidas de Leicester, Leeds e Southampton ao Championship. “Safou-se” o Everton que venceu o Bournemouth por 1-0 na última jornada. O Southampton ficou em último lugar, com apenas 25 pontos, tendo vencido 6 jogos. Conhecido por ser um clube formador, de onde saíram Walcott ou Bale e por jogar um bom futebol, o Saint Mary´s Stadium e os seus apaixonados fãs vão fazer falta à primeira divisão. O mesmo se pode dizer do Leeds, que tem andado numa montanha russa, longe das performances dos anos 90 quando chegou às meias finais da Liga dos Campeões. Mais chocante é a descida do Leicester, campeão em 2016 e projeto que parecia fadado para uma estável continuidade na Premier, graças a craques como Vardy, Maddison ou Tielemans. É provável que o clube tenha que se reconstruir e que vários jogadores titulares saiam.

Em Itália, a Sampdória já está despromovida (e o Genoa, da mesma cidade, já garantiu a subida). Clube histórico, a Samp destcou-se sobretudo nos anos 80 e 90, com Lombardo, Mancini e Vialli, vencendo a Taça das Taças, liga italiana e taças de Itália. A Cremonese também desce e na última jornada decide-se se a terceira equipa a descer é o Hellas Verona, campeão nos anos 80 ou o Spezia.

Em Espanha, Elche e Espanhol já desceram. O segundo clube de Barcelona, sempre recheado de bons jogadores, era presença habitual na La Liga e agora desce. Almeria, o histórico Celta de Vigo e o Valhadolid jogam a sua sorte na última jornada.

Com as contas fechadas na Alemanha, os históricos Hertha e Shalke descem. Berlim perde o seu clube mais emblemático mesmo que em termos desportivos a descida fosse anunciada. O Shalke 04, acabado de ser promovido e vencedor da Taça UEFA em 1997, também desce sem surpresa. Já o Estugarda, vencedor da Taça em 1997 e campeão em 2007, vai jogar o playoff com outro titã alemão: o Hamburgo. O HSV, vencedor da Liga dos Campeões em 1983; da Taça das Taças em 1977 e campeão em 6 ocasiões, falhou a subida direta nos últimos segundos.

Em França, um campeão irá descer. Ou Nantes, vencedor do campeonato em 8 vezes, a última em 2001 ou Auxerre, campeão em 1996 vão juntar-se a Angers, Troyes e Ajaccio.