Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Gala de gala

102 pontos

Francisco Chaveiro Reis
28
Mai24

Cópia de Design sem nome (2).png

O Galatasary é campeão turco pela segunda vez consecutiva. Com este bicampeonato chega aos 23 títulos, mais 4 do que o Fenerbahce, vice-campeão e mais 8 do que o Besiktas. Mas esta foi uma luta titânica. O Fenerbahce chegou aos 99 pontos e aos 99 golos numa época fabulosa e ainda assim perdeu o título já que o Gala, mesmo marcando menos 3 golos chegou aos 102 pontos. O Trabzonspor, terceiro classificado, ficou-se pelos 67 pontos.

O Gala é treinado por Okan Buruk, antigo médio internacional turco que jogou por Inter e Besiktas, além de ter passado quase toda a carreira no Galatasary. Na baliza, desde 2011 está Muslera, internacional uruguaio. Na defesa, Kaan Ayhan, Abdulkerim Bardakci, Davinson Sánchez e Victor Nelsson são nomes habituais de um setor que não tremeu mesmo com a ida de Boey para o Bayern. No meio, Torreira, Ndombelé, Sérgio Oliveira, e Demirbay dão experiência e classe. No ataque, muita qualidade e muitos golos: Icardi (31 golos), Kerem Akturkoglu (15), Dries Mertens (12), Zaha (10) ou Ziyech (8) além de outros nomes como Tetê, Baris Yilmaz ou Carlos Vinicius.

Mas o Fenerbahce de Ismail Kartal merece todo o destaque. Nunca uma equipa turca chegara aos 99 pontos sem ser campeã. O Fenerbahce contou também com goleadores de classe mundial como Dzeko (25 golos), Michy (24), Kahveci (18) ou Tadic (16) além de outros, de grande qualidade, como Livakovic, Fred, Under ou Szymanski.

Foi uma grande época para os lados da Turquia.