Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Visão do Peão

Em 7.º, já a 8 pontos

10.11.14, Francisco Chaveiro Reis

1024.gif

 

O Sporting empatou, em casa, com o Paços e já é sétimo a oito pontos do Benfica, líder. Após um bom jogo europeu, o Sporting voltou ao marasmo e ofereceu a primeira parte ao adversário, bem organizado, com bons jogadores mas, com muito anti-jogo e pouca vontade de levar mais do que o porntinho da ordem. Carrillo foi nulo, após ter sido genial e Nani, Mário, Adrien e William, eixo de maior qualidade, voltou a mostrar-se lento (não há, como não havia no ano passado, alternativas sérias, muito menos no meio onde Rosell pouco conta e Gauld, Martins e Slavchev nada) e cansado. A primeira parte acabou com um 0-1 com Hurtado a escapar-se a Sarr para fazer o golo. Sarr esteve ao seu fraco nível mas a ajuda de William teria sido bem vinda neste lance. Ao intervalo, entraram Montero e Mané que mexeram com o jogo e o colombiano fez mesmo o 1-1, num belo remate de fora da área. O Sporting foi melhor no resto do jogo, sobretudo após a expulsão de Oliveira, mas, não conseguiu fazer o segundo. Slimani, Capel ou Mané tiveram perdidas escandalosas que, a entrar, teriam servido para minimizar o golo anulado a Montero...

 

PS: Não concordo nada com a exaltação da tática do Paços. O Paços jogou para o ponto; defendeu quase o jogo todo e muitas vezes teve o guarda-redes a atrasar o jogo e vários jogadores a fingirem lesões para cortar o ritmo do Sporting. Isto não merece aplausos ao contrário de um Guimarães, por exemplo.