Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

07/02/23

Edilson Capeta

Heróis de Culto

Visão do Peão (18).pngEdilson, conhecido por Capeta ou Capetinha, hoje com 52 anos, foi um belo avançado brasileiro com longa carreira no Brasil e curta passagem por Portugal. Tudo começou no inicio dos anos 90, jogando por Industrial e Tanabi antes de começar a dar nas vistas pelo Guarani, onde fez 11 golos. Logo saltou para o Palmeiras onde começou a marcar imediatamente. Na primeira época, fez 21 golos, com Edmundo, Evair, César Sampaio e Roberto Carlos e venceu o Brasileirão e o Paulista. Na segunda época, com Zinho e Rivaldo, fez 14 golos e revalidou os títulos. Com golos e títulos seguiu para a Luz, por empréstimo. Não era um bom Benfica mas Edilson, suplente de Caniggia, Isaías e João Pinto, ainda fez 17 golos mas seguiu para uma aventura no Japão, no Kashiwa Reysol, marcando 58 golos em dois anos, encontrando Careca, antiga estrela do Nápoles.

O passo seguinte foi o Timão. Pelo Corinthians, jogou entre 1997 e 2000, marcando quase 50 golos ao lado de Vampeta, Marcelinho Carioca, Sylvinho ou Gamarra. Venceu dois campeonatos do Brasil e um Paulista. Mas o grande feito em que esteve, foi a conquista do Mundial de Clubes. Em 2000, venceu um grupo que tinha o Real Madrid e bateu o Vasco da Gama na final. Manteve-se no Rio mas mudou-se para o Mengão, para mais 33 golos, 2 Cariocas e uma Copa dos Campeões, convivendo com Júlio César, Juan, Pektovic ou Adriano. Saltou depois para o Cruzeiro de Luisão onde venceu títulos locais de Minas Gerais e fez mais 11 golos. Sem o mesmo folego, voltou ao Japão para 7 golos pelo Kashiwa Reysol. Voltou ao Flamengo e fez mais 15 golos. No ano seguinte, mais 22 pelo Vitória. A sua última grande prestação foi nos EAU, aos marcar 19 golos em 11 jogos pelo Al-Ain. Ainda passou por São Caetano, Vitória e Bahia, terminando a carreira em 2010, aos 39 anos. Regressou em 2016, para 2 jogos pelo Taboão da Serra.

Pela seleção, teve pela frente concorrência feroz mas ainda fez 5 golos em 23 jogos e, em 2002, foi campeão do mundo, jogando em 4 partidas, sendo titular nas meias, contra a Turquia.

Mais sobre mim

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em destaque no SAPO Blogs
pub