Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Visão do Peão

Charisteas

Heróis de Culto

Francisco Chaveiro Reis
30
Mai22

 

Para desgosto do povo português e euforia do grego, Charisteas marcou o único golo da final do Euro 2004. Mas, é herói de culto também pelo percurso feito em clubes como Aris, Ajax, Bremen ou Leverkussen. Angelos Charisteas, hoje com 42 anos, começou a carreira no Aris, de Salónica, estreando-se aos 18 anos. Fez 2 golos em 10 jogos e foi campeão…da segunda divisão.

Faria 14 jogos antes de ser emprestado ao Athinaikos. Regressaria e em três épocas, marcaria 17 vezes. Seguiu-se a Bundesliga. Aterrou em Bremen em 2002 e marcou 15 golos na época de estreia ao lado de Ailton, Klasnic, Valdez, Micoud ou Manuel Friedrich. Na época seguinte, marcaria apenas 7 vezes, mas seria campeão alemão (mais 6 pontos do que o Bayern) e venceria a taça alemã (3-2 ao Alemannia Aachen na final de Berlim). Ficaria mais meio ano, fazendo mais 6 golos. Seguiu-se a Holanda. Pelo Ajax, fez 15 golos em ano e maio. Venceu uma taça e uma supertaça e conheceu Huntelaar, Babel, Pienaar, Sneijder ou Maduro. Passou depois um ano e 11 golos no rival Feyennord mas regressaria à Bundesliga.

No Nuremberga, conseguiu estrear-se com 11 golos numa equipa que tinha Koller, Galasek ou Pinola. Ainda marcou 1 golo em 16 jogos na segunda divisão, mas seria recrutado pelo Leverkusen onde dobrou o número de golos. Regressaria a Nuremberga, de novo na Bundesliga, mas para apenas 1 golo numa época inteira. Passou em branco pelos franceses do Arles e regressou, pela última vez, à liga alemã. Só marcou um golo, mas fez parte do plantel do Shalke que venceu a taça alemã, tal como Raul, Jurado, Draxler, Farfán ou o compatriota Papadopoulos.

Passou, ainda, uma época no Panetolikos (4 golos) e outra nos sauditas do Al Nassr (1 golo).

Mas seria pela Grécia, no Estádio da Luz que teria o seu momento glorioso ao marcar o golo da vitória da Grécia no Euro. Pela sua seleção marcou 25 vezes em 88 partidas, incluindo 3 golos nesse verão em Portugal e ainda 1 no Euro 2008. Ainda esteve no Mundial 2010 e na Taça das Confederações de 2005.