Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Cândido Costa

Cromos esquecidos da nossa caderneta

Francisco Chaveiro Reis
11
Out23

Visão do Peão (5).pngAntes de ter uma carreira televisiva e ser conhecido como exímio contador de história, Cândido Costa foi um bom jogador do nosso futebol. Natural de São João da Madeira, fez formação na Sanjoanense, passando também pelo Benfica. Foi pelo Salgueiros que se estreou como sénior, fazendo 10 jogos em 1999-2000 antes de se se juntar à equipa B do FCP, onde estavam Hilário, Tonel, Bruno Alves, Ricardo Carvalho, Manuel José ou Hélder Postiga.

Em 2000-2001, teve a confiança de Fernando Santos e fez 31 jogos na primeira equipa, marcando 2 golos e fazendo 2 assistências. Venceu a Taça de Portugal, com Pena, Drulovic ou Alenitchev. Já com Mourinho, venceu a Supertaça e jogou mais 21 vezes. Ainda começou uma terceira época nas Antas, mas foi emprestado ao Vitória de Setúbal. Em 2003-2004, experimentou o futebol inglês, fazendo 35 jogos pelo Derby County. Regressou a Portugal para 34 jogos em dois anos no Sporting de Braga. De 2007 a 2010, defendeu o Belenenses, encontrando Jorge Jesus que fez dele lateral direito, em vez de extremo. No primeiro ano, chegou à final da Taça, perdendo para o Sporting e ficou no quinto posto da liga. No ano seguinte, foi à Liga Europa, apanhando o Bayern de Munique de Luca Toni, Ribery, Zé Roberto e muitos outros. Ficou mais dois anos antes de voltar a emigrar, para 12 jogos no Rapid Bucareste, clube grande na Roménia. Defendeu ainda Arouca, Tondela, São João de Ver e Ovarense.