Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Britânicos em Milão

Francisco Chaveiro Reis
09
Jan20

why-did-robbie-keane-39-s-inter-milan-spell-not-wo

Ashley Young, internacional inglês que não estará muito longe do fim da carreira, vai juntar-se ao Inter de Milão no verão, quando o seu contrato com o Manchester United, terminar. Young, que já foi extremo e nos últimos anos tem sido defesa lateral ou médio, está prestes a terminar uma relação que já vem de 2011. Depois de Watford, Aston Villa e United, o Inter será o quarto clube da sua carreira. O interesse do Inter num jogador de 34 anos, do futebol inglês, só se explica pelo conhecimento que Conte tem da Premier League.

Bom mote para pensar nos outros britânicos que passaram pelo Inter. Na história do Inter não há uma superestrela britânica e Paul Ince será o britânico mais conhecido, a jogar pelo Inter.  O box to box chegou a Milão, deixando o United para trás e fazendo 73 jogos e 13 golos, entre 1995 e 1997. Nesses dois anos, foi treinado por Roy Hodgson, que chegou à final da Taça UEFA e ao terceiro lugar do Calcio. Hodgson regressaria em 1998, para mais 4 jogos. Pouco depois, em 2000, chegou Robbie Keane, de 20 anos. Vindo do Coventry, não vingou e logo regressou a Inglaterra.

Mas o único britânico que venceu um campeonato pelo Inter, foi o avançado Gerry Hitchens, em 1962-1963. O inglês jogou ainda por Torino, Atalanta e Cagliari. Por fim, Liam Brady, irlandês, que jogando a médio, esteve no Inter entre 1984 e 1986.