Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Arrancou o Euro

Eriksen é a figura do fim-de-semana

14
Jun21

Propaganda de Moda Capa para Facebook (3) (14).png

Este fim-de-semana já foi de Euro, em várias cidades. Na sexta, após a cerimónia de abertura, em Roma, uma Turquia cheia de bons valores não teve hipóteses diante da equipa italiana, mais cínica e eficaz. Demiral, na própria baliza, abriu caminho à goleada que Immobile e Insigne fechariam. No mesmo grupo, já no sábado, empate a um entre Suíça (Embolo) e Gales (Moore).

Mas, o momento mais marcante da abertura do Euro 2020, deu-se no Dinamarca-Finlandia, que tudo tinha para ser um jogo sem história. Eriksen, melhor jogador dinamarquês após os irmãos Laudrup, caiu inanimado à beira do intercalo e temeu-se o pior. A frieza de Kjaer e a rápida intervenção médica evitou que a história do médio do Inter tivesse pior desfecho. Eriksen está hospitalizado para que se chegue ao porquê do que aconteceu e a Dinamarca, duas horas depois, entrou em campo. Provavelmente abalada pelo que acontecera pouco antes, saiu derrotada pela Finlândia por 1-0 (Pohjanalo), na estreia do país em grandes competições. O dia acabou com o 3-0 da Bélgica (Meunier e bis de Lukaku) na Rússia, à Rússia.

Ontem, um dos jogos grandes da jornada: Croácia-Ingleterra, e, Wembley, na reedição de uma das meias finais do último mundial. Desta vez, foi a Inglaterra a vencer, por 1-0, com golo de Sterling. À tarde, Pandev fez história ao marcar o primeiro golo da Macedónia numa grande competição, mas a vitória sorriu à Áustria, com golos de Lainer, Gregoritsch e Aurnautovic. O dia acabou com um belo jogo entre Países Baixos e Ucrânia. Em seis minutos, Wijnaldum e Weghorst colocaram a equipa laranja na frente. Quando já se pensava numa vitória tranquila, em quatro minutos, o empate, por Yarmolenko (golão) e Yaremchuk. Dumfries, a cinco minutos do fim, repôs a justiça.