Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Visão do Peão

Visão do Peão

A propósito de André Silva. Um onze português em Itália.

Francisco Chaveiro Reis
12
Jun17

Genoa+CFC+v+SS+Lazio+Serie+A+9w0lvp_HyfYl.jpg

Eduardo (Génova) - O agora guarda-redes do Chelsea passou pelo Génova com algum sucesso, numa posição sem grande história em Itália, no que toca a portugueses. 

mario-rui1.jpg

Mário Rui (Empoli) - Fez uma fabulosa época no Empoli e foi para a Roma onde as lesões não o deixaram impor-se. 

Coppa_UEFA_1994-95_-_Juventus_vs_Parma_-_Gianluca_

Fernando Couto (Parma) - Trocou o FC Porto pelo Parma em 1995 e fez dois grandes anos que o levaram ao Barcelona. Regressou a Itália para sete anos na Lázio e mais três em Parma. 

juventus-happy-birthday-dimas_58a598cc9d366_social

Dimas (Juventus) - Para além de Sporting e Benfica, o internacional português pode honrar-se de ter passado pela Juve, onde estava tapado pelo histórico Pessotto. 

conceicao-lazio.jpg

Sérgio Conceição (Lázio, Inter e Parma) - Fez parte do fabuloso meio-campo da Lázio que tinha ainda Nedved, Almeyda e Véron. Destacou-se em dois anos e meio em Roma, dois no Inter e um no Parma.

Image1-750x450.png

Paulo Sousa (Juventus, Inter e Parma) - Após um ano em Alvalade mudou-se para o Delli Alpi onde venceu a Liga dos Campeões. Depois de uma aventura no Dortmund regressou ao Calcio para defender as cores do Inter e depois do Parma. 

379529_med__20170102083336_bruno_fernandes.jpg

Bruno Fernandes (Novara, Udinese e Sampdória) - O jovem internacional português (vai jogar o Euro sub-21) chegou adolescente a Itália e vai no terceiro clube, sempre a dar cartas no meio campo. 

luis-figo21.jpg

Luís Figo (Inter) - Após anos de glória no Barcelona e Real Madrid, mudou-se para o Inter onde acabou a carreira em grande estilo com oito títulos nacionais em quatro anos.

rui-barros-juventus-wp-777x437.jpg

Rui Barros (Juventus) - Chegou em 1988 a uma super-equipa e por lá ficou dois anos, vencendo uma Taça de Itália e uma Taça UEFA.

Rui-Costa.jpg

Rui Costa (Fiorentina e Milan) - O Maestro jogou quase toda a carreira em Itália,  jogando 8 anos com a camisola 10 da Fiorentina e usando o mesmo número em 5 anos em San Siro. É o português de mais sucesso em Itália.

drandresilvaMILAN2.jpg

André Silva (Milan) - É a esperança da seleção nacional para a posição de ponta de lança e o herdeiro de uma linhagem de pontas de lança rossoneri que inclui Weah, Van Basten, Papin ou Shevchenko.  

 

2Bari.png

Outros portugueses em Itália:

Abel Xavier (Bari e Roma)

Caneira (Inter) 

Futre (Reggiana e Milan)

Miguel (Génova) 

Pedro Pereira (Sampdória)

Pedro Delgado (Inter, camadas jovens)

Pelé e Ricardo Ferreira (Milan, camadas jovens) 

Paulo Costa (Reggina e Veneza)

Vasco Faísca (Vicenza, Pádova, Ascoli, Matera, Maceratese e Virtus Francavilla) 

Vidigal (Nápoles, Udinese e Livorno) 

 

 

1 comentário

Comentar post