Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Milan respira

Golos aos 92'

Francisco Chaveiro Reis
25
Abr22

Visão de Peão.png

Noite épica em Roma. O Milan precisava de vencer a Lázio para se manter na frente da tabela, mas, logo aos quatro minutos, Ciro Immobile, perigo público número um laziale, fez o 1-0. Num campo tradicionalmente difícil, os adeptos do Milan temeram o pior, mas Rafael Leão, um dos melhores em campo, foi levando perigo à baliza da Lázio. Mas, o empate só surgiria na segunda parte, por Giroud. O golo milagroso aconteceu aos 92 minutos, por Sandro Tonali, médio…defensivo. O Milan tem mais um ponto do que o campeão Inter mas, menos um jogo.

Curiosamente, o Inter, a outra equipa de Milão, venceu a Roma por 3-1. E esse foi o resultado que o Milan aplicou à Roma na jornada 20, em que o Inter não pode jogar. Esse Bolonha-Inter acontece amanhã e pode voltar a mudar a classificação, a quatro jornadas do fim.

Na jornada 20, ficaram ainda por jogar-se o Fiorentina-Udinese que pode fazer com que a Fiorentina passe Roma e Lázio e suba ao quinto posto; o Atalanta-Torino que pode fazer com que os de Bérgamo subam dois postos e ainda o Salernitana-Veneza que pode dar continuidade ao bom momento dos de Salerno, que pareciam irremediavelmente relegados mas que podem chegar aos mesmos 28 pontos da primeira equipa acima da linha de água, caso vençam o último classificado.

Abraham, imperador

24 golos

Francisco Chaveiro Reis
22
Mar22

Visão de Peão (8).png

Já não é habitual vermos jogadores deixarem Inglaterra para se mudarem para Itália. Quando acontece, normalmente, é sinal de despromoção. Mas, como se viu na época passada, com a ida de Tomori para o Milan, sair da Premier League rumo ao Calcio pode ser a melhor jogada. Tudo isto, para falar de Abraham, ponta de lança das escolas do Chelsea, que já leva 23 golos pela Roma, de Mourinho. Tammy Abraham, de 24 anos, estreou-se em 2015 pela equipa principal do Chelsea após vários anos nas camadas jovens. Passou depois por vários empréstimos, com destaque para as estadias em Bristol e Birmingham (Aston Villa) marcando 26 golos em cada uma dessas épocas. Ao que tudo indica, vai superar esse número esta época.

Regresso a Itália

Shevchenko treina o Génova

Francisco Chaveiro Reis
09
Nov21

Design sem nome (9) (2).png

Foi em Itália que Shevchenko, goleador ucraniano, viveu os melhores dias da sua carreira e é aquele campeonato que agora chega, como treinador. Sheva prepara-se para comandar o Génova, que ocupa um modesto 17.º posto na tabela apesar de ter um plantel com bons e experientes valores como Sirigu, Criscito, Badelj, Sturaro, Caicedo, Pandev ou Destro. Shevchenko chegou a Milão em 1999 depois de brilhar intensamente no Dínamo de Kiev de Valeriy Lobanovskyi, tendo feito 296 jogos, 10 assistências e sobretudo, 172 golos, incluindo aquele que deu uma Liga dos Campeões ante da Juventus, em Old Trafford, em 2003. Foram os melhores anos da sua carreira que incluiu uma passagem de moderado sucesso pelo Chelsea (22 golos em duas épocas), um regresso ao Milan (2 golos) e um regresso a Kiev (30 golos em três épocas). Como treinador, esteve na sua seleção entre 2016 e 2021, mostrando qualidade e estando presente no Euro 2020, levando o seu país até aos quartos, algo nunca antes conseguido.

Para onde vai a Roma?

Nova derrota

Francisco Chaveiro Reis
08
Nov21

Design sem nome (49).png

Para onde caminha a Roma de Mourinho? Sem nada vencer há anos, os adeptos da Roma, gigante adormecido anseiam por dias melhores e viram na chegada de José Mourinho, uma solução instantânea para o insucesso. Nada feito. Mesmo com bons e caros reforços, a Roma ocupa um modesto sexto lugar na luta interna e passou duas vergonhas com o modesto Bodo.

No Calcio, 12 jogos com 6 vitórias, 1 empate e 5 derrotas, a última ontem, na casa flutuante do promovido Veneza. A Roma viu-se a perder e ainda conseguiu virar antes de se ver derrotada por 3-2. É verdade que Nápoles, Milan, Inter, Juventus, Atalanta ou Lázio são projetos mais consolidados e que é preciso tempo, mas quando se tem Mourinho, quer-se rapidez.

Na Liga Conferência, a Roma é segunda do seu grupo, atrás do Bodo. O modestíssimo clube norueguês empatou a dois no Olímpico depois de ter esmagado a Roma por 6-1, no momento mais baixo da Roma este ano. Mourinho está longe de estar acabado, mas também o está de ser o melhor do mundo com um toque de Midas que tudo transforma em glória. A Roma deste ano não subirá muito na tabela e não o poderá fazer com este plantel. Assim que os adeptos perceberem isso, Mourinho poderá estar a caminho de mais uma rescisão milionária.