Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Vitórias morais não enchem a barriga

O Sporting recebeu ontem o campeão nacional e empatou a zero bolas. Foi superior, teve muitas oportunidades mas todas esbarraram na enorme exibição de Fabiano e na ineficácia leonina. Slimani, Eric e Boeck foram chamados ao onze, ficando Montero, Maurício e Patrício no banco. Estes três tiveram irrepreensíveis. Boeck esteve sempre seguro. Na defesa, grande jogo de Cédric, a defender, atacar e a cruzar muito e bem. Teve "pilhas" todo o jogo. Eric e Rojo fizeram dupla de classe e Jefferson fez dos melhores jogos de verde  e branco. No meio, a classe habitual. No ataque, Slimani esteve bem, sempre a pedir bola e a tentar servir os alas. Alas, esses, apagados. Capel e Wilson pouco fizeram. Carrillo, que entrou muito bem, fez mais do que os outros dois em todo o jogo. Montero fez pouco e Vítor falhou dois golos feitos. Esta equipa orgulha, tem garra e cada vez está mais entrosada mas, o banco é curto e falta quem decida quando Montero está desinspirado. Um avançado de qualidade que caia nas alas, seria a minha aposta para janeiro, a par de um dez mais ofensivo e rematador do que Martins. Ser melhor não conta, se a bola não entrar.

 

PS: 21 mil pessoas é assistência para um jogo de Taça de Portugal ou da Liga com uma equipa pequena. Um jogo quase às 21h00 de um domingo, com preços altos, não é grande ideia. Este jogo, às 15h00 de ontem, com preços mais acessíveis e compatíveis com o fim do mês e realidade portuguesa, teria levado mais de 40 mil às bancadas. É pena.