Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Visão do Peão

Lembrar o Verdy Kawasaki

28.08.18, Francisco Chaveiro Reis

Alan-Pinheiro.jpg

Alan Pinheiro no atual Tokyo Verdy

 

Nos dias que correm, o Tokyo Verdy é uma modesta equipa japonesa que atua na segunda divisão. Tem um treinador espanhol - Miguel Angel Lotina, um guarda-redes com um nome estrambólico – Kamifukumoto – e três avançados brasileiros – Alan Pinheiro, Douglas Vieira e Leandro da Silva. Pouco mais haverá a dizer. O cenário parece desolador mas O Verdy Tokyo tem uma história rica e foi, no fim dos anos 80 e no início dos 90 uma das melhores equipas asiáticas, quando se mudou para Kawasaki.

 

1519963658562.jpg

Nos tempos do Yomiuri Football Club

 

Em 1968, o Japão venceu a Medalha de Ouro no futebol, nos Jogos Olímpicos da Cidade do México. A vitória criou interesse no futebol pelo país e o presidente da Federação Japonesa de Futebol convenceu o presidente da equipa de basebol, Yomiuri Giants a criar uma equipa. Matsutaro Shoriki morreu no ano seguinte mas deixou criado o Yomiuri Football Club que começou a competir em 1969 e chegou à primeira divisão japonesa nove anos depois. Em 1979, chegou o primeiro título – a Taça da Liga.

75c3cd40582052198143c324e2d30320.jpg

Ruy Ramos, médio ofensivo brasileiro naturalizado japonês que jogou 21 anos no Verdy (341 jogos e 83 golos). Aqui ostenta uma camisola mítica do Japão dos anos 90. 

 

Nos anos 80 e o início dos anos 90 foram de sucesso. A filosofia do clube sempre foi a de participar numa liga vibrante e de sucesso como a de basebol, com mais espetáculo e fãs por todo o país. No início dos anos 90 (1993) nasceu a J.League, com o mesmo objetivo e o Yomiuri FC começou a preparar-se para a transição da JSL para a J.League, contratando grandes estrelas.

miura.jpg

Kazu Miura enverga a mítica camisola Mizuno do Verdy de 1993, com patrocínio Coca-Cola. Miura fez formação no Brasil e 1990 trocou o Santos pelo Verdy onde marcou 100 golos em 7 anos. Com 51 anos, ainda está em atividade.

 

Kazu Miura, mítico avançado japonês e Ruy Ramos, brasileiro naturalizado japonês, tornaram-se nas estrelas de uma equipa que venceu quatro campeonatos seguidos, dois deles já na J.League como…Verdy Kawasaki, o espetacular novo nome escolhido para a espetacular nova liga.

 

c15b69c93bd1affc6fd69fecb11cc0fa.jpg

A mítica camisola, versão branca. Aqui, Yomiuri é o patrocinador e não o nome do clube.

 

Apesar do sucesso dos três primeiros anos, uma crise económica no país fez com que as estrelas a envelhecer não fossem substituídas por outras de igual valor e o interesse arrefeceu. O Japão repensou o seu futebol e o campeonato mudou várias vezes de formato. As chegadas recentes dos veteranos Podolski, Iniesta e Torres fizeram com que o mundo se lembrasse de novo do futebol japonês.

 

Vtg-J-League-Mizuno-1995-Yomiuri-Verdy-Kawasaki.jp

Outra camisola única da Mizuno. Esta, para 1995.

 

O retrocesso no sucesso do Verdy fez com que em 2001, o clube regressasse a Tóquio como Tokyo Verdy. Venceu uma Taça em 2005 mas começou a cair para os palcos secundários.