Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Visão do Peão

Roma Garcia

31.10.13, Francisco Chaveiro Reis

A AS Roma, sedenta de títulos, está a fazer um brilhante arranque de temporada, tendo alcançado 9 vitórias em 9 jogos. O grande responsável será o francês Rudi Garcia, chegado este ano e que colocou a Roma a jogar bom futebol e, acima de tudo, eficiente. O treinador, campeão pelo Lille em 2011, rodeou-se de bons reforços - De Sanctis (Nápoles), Maicon (City), Benatia (Udinese), Strootman (PSV), Gervinho (Arsenal) e Ljaljc (Fiorentina) e isso, aliado aos bons jogadores que a Roma já tinha e aos monstros Totti e De Rossi, tem sido a combinação perfeita.

 

Na baliza mora o experiente De Sanctis (36 anos), vindo este ano do Nápoles. Na defesa, a direita é do renascido Maicon. O brasileiro que fez grande parte da carreira no Inter, não teve sucesso em Inglaterra. Na esquerda, manda Balzaretti. No centro, Castán e o marroquino Benatia, vindo de Udine fazem dupla de grande sucesso. Sobram ainda nomes válidos como Dodo, Torosidis ou Burdisso.

 

No meio, três homens. De Rossi e Pjanic, génios que já moravam em Roma que contam agora com a preciosa ajuda de Strootman, médio holandês, poderoso que veio trazer solidez. De Rossi e Strootman dão músculo, temperado com técnica e Pjanic é o construtor. Bradley e Marquinhos jogam muito e são bastante úteis.

 

Na frente, Florenzi e Ljaljc descaem para as alas e o centro continua a ser de Totti. Borriello, Gervinho e Destro são outras boas opções.

 

Em suma, um plantel bem construído e bem dirigido que caminha para oferecer o título de campeão ao clube, que escapa desde 2001.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.