Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Saber vencer

Argentinos mal a festejar

Francisco Chaveiro Reis
21
Dez22

Visão do Peão (1).png

Admiro a garra argentina e a forma elevada como quase sempre jogaram futebol. Gostei da vitória no Mundial, mas é preciso saber vencer. Na eliminatória com a Holanda, Messi respondeu de forma pouco delicada a Van Gaal e ainda mandou bocas a um Weghorst derrotado. As caretas aos colegas de profissão, logo após caírem nas grandes penalidades, também não são dignas. Depois, a final. Uma vez, campeões, Martinez desrespeitou organização e franceses e continua a faze-lo em casa e Aguero, não deu melhor exemplo. Assim, não.

Isco rescinde com o Sevilha

Ao lado de uma grande carreira

Francisco Chaveiro Reis
21
Dez22

Visão do Peão.png

Cerca de quatro meses depois de chegar, Isco rescindiu com o Sevilha. O médio ofensivo foi um pedido expresso de Lopetegui, entretanto demitido. Os maus resultados e o com certeza avultado salário do internacional espanhol levaram a tensão entre o 22 a e estrutura do Sevilha. Isco pode agora voltar a juntar-se a Lopetegui, desta vez no Wolverhampton.

Isco formou-se no Valência acabando por bilhar no Málaga antes de chamar à atenção do Real Madrid. Em nove anos, fez 53 golos e esteve em mais de 350 jogos, fazendo parte de planteis que venceram cinco Ligas dos Campeões, entre muito outros trofeus. Aos 30 anos, ainda pode ter muito futebol pela frente mas a verdade é que tinha talento para mais do que ser suplente, mesmo do Real Madrid e o regresso à vida fora do Bernabéu não começou nada bem…

Benzema deixa seleção

97 jogos depois

Francisco Chaveiro Reis
20
Dez22

Visão do Peão (4).png

Aos 35 anos, Benzema disse adeus à seleção francesa. Foi uma história sobretudo de desencontros. Depois de anos afastado devido ao “caso Valbuena”, Benzema regressou mas lesionou-se antes de um Mundial onde a França foi finalista. Teria vencido com ele? Nunca saberemos. Ainda assim, Benzema, retira-se com 37 golos em 97 jogos. Karim jogou os Euro 2008, 2012 e 2020 e os Mundiais 2010 e 2014.

Sporting arrasa Braga

Já está na Final Four

Francisco Chaveiro Reis
20
Dez22

Visão do Peão (3).png

Com uma exibição de gala, que merecia estádio cheio, o Sporting goleou o Braga e está na Final Four da Taça da Liga, em Leiria. Nas meias, defronta Moreirense ou Arouca. O jogo já ia nos 2-0 aos 7 minutos, graças a golos de Inácio de Paulinho. Pote, Trincão e Edwards fizeram os restantes golos de uma das melhores exibições leoninas nos últimos anos.

Dia final: Argentina campeã

Jogo de antologia

Francisco Chaveiro Reis
18
Dez22

Visão do Peão (11).png

Depois de um dos melhores jogos de sempre da história do mais bonito jogo do planeta, a Argentina é campeã do mundo e Messi consagra-se como um dos melhores jogadores de sempre, sendo que os que dizem que ele é mesmo o melhor sempre, podem não estar errados.

Em Lusail, marcou primeiro a Argentina, entrada com Di Maria no 11 e com uma tática que confundiu os franceses. Messi, pois, claro, de grade penalidade, fez o 1-0. Após toque de classe de Messi e cruzamento de Mac Allister, Di Maria, o melhor em campo na primeira parte, fez o 2-0. Parecia que a França estava condenada, mesmo que Deschamps tenha sido lesto a mudar a equipa, que ganhou muito com as entradas de Kolo Muani e Thuram. Cheirou ao 3-0, mas o golo seguinte seria francês e o outro, logo de seguida, também.

Mbappé, melhor marcador do torneio, reduziu, de grande penalidade, a dez minutos do fim. No minuto seguinte, mostrou que o funeral tinha que ser adiado. De forma acrobática, empatou. No tempo extra, Messi voltou a marcar e a França, a empatar, por Mbappé, de grande penalidade. Era o seu oitavo golo no Mundial.

Nas grandes penalidades, vitória argentina por 4-2, com Dibu Martinez a ser a estrela. Montiel marcou o golo da glória suprema. Grandes golos, incerteza, jogadas individuais e coletivas, boa visão do banco e muito mais, fizeram deste, um dos melhores jogos de sempre. Obrigado.

A terceira estrela

Francisco Chaveiro Reis
18
Dez22

Visão do Peão (8).png

Hoje, França ou Argentina serão campeãs do mundo. Quem vencer, conquistará o seu terceiro título. A França é campeã em título, após ter batido a Croácia, na Rússia, há quatro anos. O primeiro título tinha sido em 1998, vinte anos antes, em França, depois de um 3-0 ao Brasil. Já a Argentina foi campeã do mundo pela primeira vez em 1978, vinte anos do primeiro título francês, justamente na Argentina, numa prova marcada pela polémica, já que foi positiva para a ditadura militar. Também polémico foi o segundo título, de 1986, já que incluiu um golo de Maradona com a mão. Veremos quem desempata já hoje.