Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Auba goleador

Gabonês já marcou por 6 vezes

Francisco Chaveiro Reis
02
Mar22

Visão de Peão.pngChegado no mercado de janeiro, Aubameyang já marcou cinco vezes em seis jogos, pelo Barcelona, cumprindo o desejo que aqui lhe deixei. No último jogo, em casa, inaugurou o marcador ante do Athletic, abrindo caminho a um 4-0. Antes, na visita a Nápoles (2-4), fechou o marcador, para o Barcelona. Mas, quando brilhou mais, foi na ida ao campo do Valência, ao marcar por três vezes. Jogou ainda na receção ao Nápoles, no empate no derby com o Espanhol e estreou-se na vitória ante do Atlético. Desde que chegou, coincidência ou não, o Barça marcou 19 vezes desde que o gabonês chegou.

Dia de Taça

Sporting-Porto

Francisco Chaveiro Reis
02
Mar22

Visão de Peão (1).png

Joga-se hoje a primeira mão das meias finais da Taça de Portugal, entre Sporting e Porto. Em Alvalade defrontam-se duas equipas em busca da “dobradinha”, sendo que a prova poderá ser mais importante para o campeão Sporting, já que está a seis pontos do Porto, na liga e poderá ver na Taça uma forma de conquistar o seu terceiro título da época. O jogo será ainda mais interessante após a ida do Sporting ao dragão e toda a confusão gerada dentro e fora de campo. Imagina-se que o clima nas bancadas e tribunas não seja o melhor, mas o Sporting não se poderá distrair do essencial e terá que aproveitar o apoio dos seus para ganhar vantagem mesmo que não possa contar com Pote nem Palhinha. O ideal será mesmo uma vantagem de dois golos, que deixe margem para a segunda mão, por muito difícil que isso seja.  

Amorim deve apostar em Adán na baliza e juntar o experiente Neto a Coates e Inácio. No meio campo, Porro e Reis, em grande forma, estarão nas alas e Ugarte, em bom momento deve fazer dupla com Nunes, que tem estado uns furos abaixo. Fresco, regressa Sarabia ao 11, para fazer tripla de ataque com Paulinho e Santos. Prontos a saltar do banco estarão boas opções como Slimani, Tabata, Edwards ou Bragança. 

 

Pág. 11/11