Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

A guerra no futebol, 6

Estrangeiros livres até julho

Francisco Chaveiro Reis
08
Mar22

 

Visão de Peão.png

A FIFA decidiu que os jogadores estrangeiros de clubes russos e ucranianos poderão suspender, de forma unilateral e «sem enfrentarem quaisquer consequências legais», os contratos devido ao conflito militar entre os dos países em solo ucraniano. Atualmente, são 129 os jogadores estrangeiros que atuam no campeonato russo e 95 no ucraniano. Os jogadores terão depois que se apresentar aos clubes de origem, em julho.

O que irá acontecer? Estes jogadores terão férias até ao verão ou há um mercado real para eles? Sendo muitos dos craques de origem brasileira, é de crer que vários possam manter a forma jogando no seu país. Falamos de craques como Claudinho, Malcolm ou Wendel (Zenit); Laxalt ou Njie (Dinamo); Carrascal ou Ejuke (CSKA); Wanderson ou Córdoba (Krasnodar) ou Moses, Promes e Larsson (Spartak).

Portugal receberá alguém? Talvez Casierra, que há pouco trocou a BSAD pelo Sochi?

Ida a Manchester

Jovens à espreita

Francisco Chaveiro Reis
08
Mar22

Visão de Peão (1).png

O Sporting cumpre amanhã calendário na Liga dos Campeões. Após ter sido goleado em casa, ninguém se admirará se amanhã o resultado for semelhante, mesmo que Guardiola possa rodar um pouco a equipa. Oportunidade para que os miúdos leoninos joguem ao mais alto nível. Amorim estará privado de vários jogadores como Bragança, Nunes e Palhinha e será “obrigado” a repetir a titularidade do adolescente Essugo, desta vez, ao lado de Ugarte. Será um meio campo mais defensivo. Mas, vamos por etapas. Adán deve estar na baliza e na defesa, Inácio, Coates e Feddal. No meio, Porro deve iniciar-se, mas sendo uma das figuras da equipa e estando numa posição de desgaste físico, não admira que Esgaio ou mesmo Esteves tenham um bom tempo de jogo. Na esquerda, pode voltar a haver a tentativa de Vinagre fazer boa figura. No ataque, acredito que Slimani volte ao banco para que Paulinho regresse. Sarabia mantém-se e Tabata ou Edwards avançam para o onze. Do banco deverão saltar alguns homens que têm jogado menos e o outro adolescente do grupo, Rodrigo Ribeiro, deve mesmo estrear-se. Renato Veiga, médio defensivo, também sonha com esse momento.

PS: Entretanto, pela lesão de Feddal e pelas palavras de Amorim, o 11 deve ser: Adán, Neto, Coates e Inácio; Porro, Ugarte, Tabata e Reis; Sarabia, Paulinho e Edwards.