Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Logo

Receção ao City

Francisco Chaveiro Reis
15
Fev22

Visão de Peão (4).png

O Manchester City é, a par do Bayern, a melhor equipa do mundo e quase ninguém lhe faz frente. As esperanças dos adeptos do Sporting para amanhã, por muito que o Sporting de Xandão tivesse feito um milagre há dez anos, são reduzidas e com toda a razão. O mais provável é que o City goleie em Alvalade como goleia na maior parte dos estádios. Cabe ao Sporting aproveitar para fazer uma boa receita e fazer uma exibição tão boa quanto possível. Exige-se a garra do costume, até porque esta será uma montra para ativos como Inácio, Nunes, Palhinha ou Pote, e que se faça o melhor possível. O resto, não depende inteiramente do Sporting.

Sporting empata batalha do Porto

Triste espetáculo mantém leões a distância segura

Francisco Chaveiro Reis
14
Fev22

Visão de Peão (3).png

O Sporting empatou no Dragão e está agora mais longe do bicampeonato. É certo que passa a ter vantagem no confronto direto, com mais golos marcados na casa do rival, mas continua a ter que esperar que o Porto escorregue mais do que uma vez e não pode, ele próprio não ganhar, a começar pela recção ao Estoril, com uma série de castigados.

As equipas entraram com a vontade de vencer e após um período onde parecia ser o Porto a dominar, o Sporting marcou por Paulinho e começou a dominar, até que Santos fez o 0-2. Parecia ter via verde para a vitória, mesmo com o golo de Vieira antes do intervalo. O 2-2 final surgiria por Taremi, numa altura em que o Sporting, reduzido a dez, tentava defender a preciosa vitória.

Em destaque esteve o árbitro, manifestamente incapaz, desde logo pela expulsão de Coates, momento-chave do jogo. O primeiro amarelo resulta de um lance em que o uruguaio é ele próprio pisado. Este foi o lance que estragou o jogo e inclinou o campo. Seguiram-se outros cartões sem sentido, como o de Palhinha.

Depois do apito, começou uma confusão que envergonha o futebol português. De lado a lado, jogadores e outros elementos envolveram-se em confusões que espero que sejam rapidamente investigadas e castigadas, sem dó. É hoje notícia que até uma bala foi atirada para o relvado…Matheus Reis e Matheus Nunes até foram agredidos ao soco e ao banco por alguém, com colete azul que estava ali perto do relvado a fazer, não se sabe bem o quê…

Após tudo isto, tudo piorou. O presidente do Sporting disse de sua justiça, em pleno Dragão e depois, sofreu uma “espera” de altas patentes do clube da casa. Mais uma cena triste que culminou com o furto do telemóvel de Varandas. Uma noite triste que mesmo que tenha consequências minimamente sérias, não devolverá os três pontos ao campeão que fica assim impedido de o voltar a ser.

Abel fica em segunda

Chelsea vence Mundial

Francisco Chaveiro Reis
13
Fev22

Visão de Peão (2).png

Pela terceira vez o Palmeiras chegou à final do Mundial de Clubes, pela terceira vez, perdeu. Abel Ferreira bateu-se muito bem contra o Chelsea, levou-o ao tempo extra, mas pouco antes das grandes penalidades, os campeões da Europa marcaram e venceram a prova, pela primeira vez. No início da segunda parte, Lukaku inaugurou o marcador. Veiga empatou de grande penalidade e de igual forma, Havertz deu a vitória aos blues. O Al Hilal de Leonardo Jardim também desiludiu, sendo goleado pelo Al Ahly do Egito e ficando em quarto lugar.

Campeão vs líder

Porto-Sporting

Francisco Chaveiro Reis
11
Fev22

Visão de Peão.png

Hoje é dia do campeão Sporting visitar o líder Porto. A jogar em casa, com mais seis ponto do que o Sporting, o Porto, mesmo sem Diaz é grande favorito, sendo que até um empate é um bom resultado. Sem Porro nem Pote, o Sporting é obrigado a vencer para sonhar com o bicampeonato. Outro resultado não afasta o Sporting matematicamente do título mas realisticamente, é difícil que o Porto perca tantos pontos e que o Sporting não escorregue.

O Sporting terá Adán na baliza e Inácio e Coates na defesa. O mais provável é que o trio mais recuado feche com Feddal. Reis, em jogos de maior dificuldade, costuma subir para lateral e Neto, tem sido menos utilizado. Nas alas, esperam-se Esgaio e Reis, mesmo que não seja de excluir uma nova oportunidade a Vinagre. No centro, é certa a presença de Nunes, mas a imprensa desportiva fala na entrada de Ugarte para o lugar de Palhinha, a fazer uma época menos interessante do que a última. No ataque, é previsível que joguem Sarabia, Paulinho e Santos. Confesso que gostaria de aproveitar as ausências para manter Reis na defesa, Santos na ala e colocar Bragança a reforçar o meio campo e a apoiar uma dupla que seria Sarabia e Paulinho, mas é pouco credível que Amorim mude assim tanto. De qualquer modo, muito se jogará na atitude. O Sporting tem que jogar para surpreender o Porto e começar a ganhar.

Do outro lado, o Porto quererá, claro, ganhar ao campeão e dar um salto rumo à recuperação do título. Na baliza, Costa estará recuperado do susto e deve voltar, mas Marchesin daria igual segurança. Nas alas, João Mário e Zaidu, com gosto por subir podem ser pontos a explorar. No centro, os experientes Mbemba e Pepe. Os quatro do meio devem ser Otávio, Uribe, Vitinha e Pepê. Otávio joga na ala, de onde não é originário, Pepê deverá ter que ajudar defensivamente, algo que não lhe é natural. Vitinha é o jogar a anular e Uribe, um poço de experiência, mesmo que o Porto vá jogar sem um seis tradicional. Na frente, Taremi está uns furos abaixo, mas é um perigo, tal como Evanilson goleador mor do Dragão, nos dias que correm. Do banco podem saltar armas interessantes como Galeno, Conceição ou Vieira mas dá ideia de que o sporting, com Palhinha, Tabata, Edwards ou Slimani tem mais banco.

Abel na final

Palmeiras vence no Mundial de Clubes

Francisco Chaveiro Reis
09
Fev22

Visão de Peão (1).png

À segunda tentativa, Abel Ferreira chegou à final do Mundial de Clubes, com o Palmeiras, ao vencer os egípcios do Al Ahly por 2-0, com golos de Veiga e Dudu. Na final, deve encontrar o Chelsea.

Pela porta pequena

Pizzi na Turquia

Francisco Chaveiro Reis
08
Fev22

Visão de Peão (3).png

Andou pelas escolas de Bragança e Braga antes de jogar como sénior no Ribeirão, Covilhã e Paços de Ferreira. Fez apenas dois jogos pelo Braga antes de se aventurar em Espanha, jogando por Atlético, Corunha e Espanhol. Chegou à Luz em 2014 para encher-se de títulos, ser capitão e uma das estrelas do clube, somando quase 100 golos e mais de 300 jogos. Pizzi, aos 32 anos, deixa o Benfica, pela porta pequena, emprestado ao quinto classificado da liga turca. Perdeu protagonismo com Jesus e ganhou a aura de comandante da rebelião que terá precitido a saída de JJ. 

Nunca esquecer

Números falseados

Francisco Chaveiro Reis
08
Fev22

Visão de Peão (4).png

Darwin tem 16 golos e é o melhor marcador do campeonato. Três deles foram no Jamor no jogo da vergonha, contra a BSAD. O Benfica soma 47 pontos. Três deles foram no Jamor no jogo da vergonha, contra a BSAD. É preciso não esquecer.

João Matos

Palmarés sem rival

Francisco Chaveiro Reis
07
Fev22

Design sem nome (4).png

1 Mundial

2 Europeus

2 UEFA Futsal Champions League

9 Campeonatos de Portugal

8 Taças de Portugal

8 Supertaças de Portugal

3 Taças da Liga

Senegal é rei de África

Mané bate Salah

Francisco Chaveiro Reis
07
Fev22

Design sem nome (2).png

O Senegal de Sadio Mané é o novo detentor da CAN, prova que venceu ontem pela primeira vez, nos Camarões. Mané, que até falhou um penalty, logo no início do jogo, converteria a grande penalidade decisiva, no desempate final, deixando por terra o Egipto de Carlos Queirós e do colega de equipa, Mo Salah.

O Senegal passou pela fase de grupo com 1 golo marcado e zero sofridos, resultado do 1-0 ao Zimbabué (Sadio Mané, de penalty, aos 97 minutos) e de dois nulos, ante de Guiné Conacri e Maláui. Nos oitavos, 2-0 a Cabo Verde, com Mané a voltar a marcar e Dieng (avançado do Marselha) a fazer o segundo. Nos quartos, 3-1 à Guiné Equatorial, com golos de Sarr (Watford), Kouyaté (Crystal Palace) e Diédhiou (Alanyaspor) e nas meias, novo 3-1, desta vez ao Burkina Faso, com golos de Mané, Diallo e Gana (PSG).

Já o Egipto seguiu em segundo no seu grupo, atrás da Nigéria e à frente de Sudão e Guiné Bissau. Na estreia, derrota por 1-0 com a Nigéria e depois, duas vitórias. 1-0 à Guiné (Salah) e 1-0 ao Sudão (Abdel Monem, defesa do Al Ahly). Nos oitavos, vitória ante da Costa do Marfim, nas grandes penalidades e nos quartos, 2-1 a Marrocos, já no tempo extra, com golos de Salah e Trezeguet (Aston Villa). Nas meias, nulo frente aos Camarões e vitória nas grandes penalidades. Se vencesse ontem, o Egito conquistaria a sua oitava CAN.

Nota para os Camarões, onde morava António Conceição, o outro treinador português em prova e os melhores marcadores da CAN: Aboubakar (Al Nassr), com 8 golos e Toko Ekambi (Lyon), com 5 golos. Hongla (Hellas Verona), com 3 assistências, foi também o melhor da prova.

Tudo na mesma

A 6 pontos na véspera do Dragão

Francisco Chaveiro Reis
07
Fev22

Design sem nome (1).png

Tudo na mesma. O Sporting venceu o Famalicão por 2-0 e continua a seis pontos do líder Porto, que visita na sexta-feira. Num jogo em que um fator extra de atenção eram os vários jogadores em risco de falhar o Dragão, por acumulação de cartões amarelos, o Sporting quis resolver cedo a partida, para rodar um pouco. O primeiro golo surgiu logo aos seis minutos, com Sarabia, de grande penalidade, a fazer o primeiro. No entanto, o golo da tranquilidade, numa bomba de Matheus Reis, só aconteceu aos 63 minutos, já com Porro amarelado e fora da próxima jornada. Salvaram-se os outros. Ugarte voltou a estar bem quando chamado a render Palhinha e Slimani voltou a jogar de verde e branco, deixando boas indicações. Venha o Porto!