Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Sporting sobe um degrau

29.10.20, Francisco Chaveiro Reis

naom_5f99f8a15e8ee.jpg

O Sporting venceu o Gil Vicente por 3-1 e está isolado no segundo lugar da liga (se o lance polémico do jogo frente ao FCP tivesse sido validado, teria provavelmente, 5 vitórias em 5 jogos). A exibição foi fraca e não admirou que Lucas Mineiro tivesse adiantado os visitantes, bem organizados. Quando o Sporting já caminhava para um desaire, mesmo com substituições ousadas, surgiu o empate. Sporar, saído do banco, marcou de cabeça. Pouco depois, Tomás, que entrara em jogo com Sporar, isolado por Bragança (sim, saído do banco), virou o jogo. Para surpresa geral, o Sporting ainda faria o terceiro, por Pedro Gonçalves, melhor marcador da equipa, com três golos. Má exibição à parte, o Sporting, jovem (terminou o jogo com Inácio, Mendes, Bragança ou Tomás) e bem mais barato do que a concorrência, leva quatro vitórias e um empate em cinco jogos, tendo marcado onze golos e sofrido quatro. Venha o Tondela.

Vietto despede-se

25.10.20, Francisco Chaveiro Reis

1024 (1).jpg

Luciano Vietto já não é jogador do Sporting, depois de pouco mais de um ano que não aqueceu, nem arrefeceu. Vietto, desejo antigo do Sporting, chegou no verão passado, envolvido na fraca compensção do Atlético de Madrid, pela saída de Gelson. Meio passe do argentino, custou mais de 7 milhões e o valor agora recebido, a dividir entre Sporting e Atlético, anda perto desses 7 milhões. Ainda assim, o Sporting poupa significativamente na folha salarial. Vietto, que até marcou o golo do empate, face ao FCP, deixou sempre uma imagem de falta de intensidade e de "pé frio", se bem que sempre pareceu fora da sua posição natural, de segundo avançado, num 4-4-2. Vietto particioiu em 40 jogos pelo Sporting, marcando 9 golos. Aos 26 anos, vai enriquecer no Al-Hilal e no fim do contrato, aos 29 anos, terá ainda muito futebol pela frente. Boa sorte.

Pote vence nos Açores

24.10.20, Francisco Chaveiro Reis

 

1024.jpg

Se Sporar, vindo do banco, falhou dois golos "cantados" e de ângulos bastante possíveis, Pote, mais uma vez titular, fez dois golos, de ângulos impossíveis e "deu" a vitória ao Sporting nos Açores. Com o 1-2 ante do Santa Clara, o Sporting soma três vitórias e um empate, em quatro jogos. Segue-se o Gil Vicente.

Primeira jornada já se disputou

22.10.20, Francisco Chaveiro Reis

real-madrid-2-3-shakhtar.jpg

Já se jogou a primeira jornada da Liga dos Campeões. O destaque vai para a derrota do poderoso Real Madrid, em casa, ante dos ucranianos do Shaktar Donestk, de Luís Castro. O golão de Modric, não apagou mais uma má exibição do Real esta época. Já o FCP, única equipa portuguesa em prova, perdeu 3-1 em Manchester, contra um City com Dias, Cancelo e Bernardo no onze.

Em Paris, meia surpresa. O PSG deixou-se perder com o United, por 1-2, com golos de Bruno Fernandes e Rashford, contra autogolo de Martial. Já em Roma, a bela Lázio bateu o inconstante Dortmund por 3-1.

Atalanta, Bayern e Barcelona, foram as equipas mais inspiradas da jornada. A equipa de Bérgamo foi à Dinamarca, vencer o Midtjylland por 0-4 com golos de Zapata, Papu Gomez, Muriel e Aleksey Miranchuk. O Bayern esmagou o Atlético pelo mesmo resultado, com bis de Coman (fez ainda uma assistência), Goretzka e Tolisso e o Barcelona, recebeu e goleou os húngaros do Ferencváros, com boa prestação de Trincão e golos de Messi, Pedri, Coutinho, Fati e Dembelé.

Para a semana, há mais!

Regressa a Champions

20.10.20, Francisco Chaveiro Reis

ffff.jpg

Ainda “ontem”, vimos o Bayern a ser campeão europeu em Lisboa e hoje já começa a nova edição da Liga dos Campeões, sem passagem por Lisboa, já que apenas o FC Porto representará Portugal, num grupo com Manchester City, Marselha e Olympiacos.

Os favoritos deste ano, parecem ser os finalistas do ano passado. O Bayern tem um plantel quase igual, contando ainda com Leroy Sané, vindo do City, e é sempre favorito a vencer tudo. Deve cilindrar o seu grupo, passando por cima de Atlético, Lokomotiv e RB Salzburgo. Também o PSG mantém a sua estrutura, mesmo que Thiago Silva tenha ido para o Chelsea. Florenzi, Danilo, Rafinha ou Kean não são as contratações mais entusiasmantes, mas podem ser úteis a um plantel que continua a contar com Neymar, Mbappé, Di Maria ou Icardi.

Numa segunda, linha, estarão as duas melhores equipas inglesas do momento: Liverpool e City. O Liverpool, campeão inglês e campeão europeu há dois anos, continua com o seu ataque no plantel – Salah, Mané e Firmino – e ainda acrescentou Diogo Jota e Thiago Alcântara. A lesão de Virgil pode ser um passo atrás, mas o Liverpool, num grupo com Ajax, Atalanta e Midtjylland. Já o City, sempre em busca da glória europeia, parte de novo nos lugares cimeiros da corrida. A todos os craques que já lá estavam, juntaram-se Ruben Dias e Nathan Aké, para reforçar a defesa.

Numa Liga dos Campeões, nunca se pode esquecer os gigantes espanhóis. O Barcelona, tendo Messi, é sempre uma equipa a ter em conta, mas as primeiras semanas de Koeman não são promissoras e parece-me que o Barça, num grupo com Juventus, Dínamo Kiev e Ferencvaros, passará facilmente à fase seguinte, mas não terá uma carreira brilhante. O Real Madrid deste ano também não parece ser a equipa mais interessante, mas o Real, rei e senhor da Champions, já mostrou que pode não estar no máximo na sua liga e estar em grande na Europa. Veremos.

Rennes, Midtjylland, Basaksehir e Krasnodar estreiam-se na prova.

O triste novo nove do Barça

19.10.20, Francisco Chaveiro Reis

braithwaite.jpeg

O Barcelona em reconstrução, orientado por Ronald Koamen, perdeu 1-0 no campo do Getafe. Uma imagem, resume bem o desacerto da época. Martin Braithwaite, banalíssimo avançado dinamarquês, entrou em campo envergando a mítica camisola 9 que já pertenceu a Ronaldo, Kluivert ou Eto´o. O mesmo 9 que era usado por Suarez, oferecido há semanas ao Atlético de Madrid, onde já marcou 3 golos em 4 jogos.

Empate com sabor a derrota

18.10.20, Francisco Chaveiro Reis

transferir.jpg

O Sporting deu boa conta de si mas não conseguiu vencer o FCP. Nuno Santos fez o 1-0, já o Sporting falhara uma grande oportunidade. Apesar de quase ter chegado ao 2-0, foi o FCP a marcar de seguida e logo por duas vezes. A cruzamento de Zaidu, Uribe apanhou Coates a dormir e fez o empate. Em jogada individual, Corona fez o 1-2. Em cima do intervalo, Zaidu derrubou um adversário na área, foi expulso e o árbitro marcou grande penalidade. Já Jovane estava a pensar nos festejos e o VAR, contra o seu protocolo, revertou as decisões e expulsou Ruben Amorim. Vietto, ao cair do pano, deu alguma justiça ao resultado. Adán, Palhinha e Pote foram os sportinguistas que mais estiveram em destaque.

Sá Pinto no Vasco da Gama

15.10.20, Francisco Chaveiro Reis

a9557892cc6a9b970b53ca598efe9450-783x450.jpg

Ricardo Sá Pinto é o novo treinador dos brasileiros do Vasco da Gama, depois de experiências em Portugal, Polónia, Bélgica, Grécia, Arábia Saudita e Sérvia. O Vasco da Gama, que conta com Fellipe Bastos, antigo médio do Benfica e com Talles, promissor avançado já associado ao Sporting, segue no 12.º lugar do Brasileirão, situação que o antigo jogador, diretor desportivo e treinador do Sporting tentar mudar.

Pág. 1/4