Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

O pós-Messi

31.08.20, Francisco Chaveiro Reis

1024.jpg

Parece claro que Messi não mais jogará pelo Barça e que que jogará no Manchester City, ao lado do amigalhaço Aguero e para Pep Guardiola. As pretensões do argentino sair de borla não parecem ser atendidas (a Liga Espanhola está ao lado do clube, em vias de perder a sua maior estrela) e é de crer que o City avance com dinheiro (bem menos do que os 700 milhões da clausula) e jogadores (Bernardo, Gabriel, Eric e Angelino já foram falados e encaixariam no plantel). O que será do Barça pós Messi?

O primeiro ponto é que a saída do astro, estaria prestes a acontecer, de qualquer modo. Aos 33 anos e sem ser um atleta como Ronaldo ou Ibrahimovic, não seria de crer que jogasse até aos 40 anos. O Barcelona já deveria ter em marcha um plano de renovação. Não parece ter. A saída de Messi, levará à queda desta direção e talvez até de Koamen, que sendo uma lenda como jogador, no banco nunca mostrou muito e terá o papel impossível de substituir o melhor jogador da história do clube.

O segredo poderá estar em mudar o sistema ou não dar o papel de Messi (extremo, dez e avançado tudo num só jogador) a ninguém. O 4-3-3 até se pode manter, mas serão três homens a fazer de Messi. Na baliza, Ter Stegen é aposta segura. Nas alas defensivas, as primeiras dúvidas. Sergi Roberto e Nélson Semedo não convecem totalmente e nesta fase, o regresso o velocista, jovem e filho da casa, Hector Bellerín, seria boa jogada. Angelino, o tal do City, poderia ser boa opção para a direita. No centro, faz falta um monstro. Só Koulibaly poderia transformar aquela defesa, em betão, deixando que Eric Garcia crescesse na sua sombra.

No meio, já se sabe que De Jong será deslocado para a posição 6. Para 8, Koamen pediu Van der Beek, que está a fugir para o United. Sobra Pjanic mas faltará músculo. Um 8 chegará a Barcelona. Para dar fantasia ao meio, Koamen deve mesmo receber Bernardo, que também foge para a direita, podendo ser um terço de Messi. Coutinho, que já é d clube, pode ser também essa opção, caso não surja quem por ele pague uma pequena fortuna.

No ataque, o trio vai desfazer-se. Messi e Suarez não continuam. Apenas ficará Griezmann mesmo que o Barcelona pareça disposto a negocia-lo. Koamen já deu a entender que ele rende é no meio e poderemos ter o francês a apoiar o ponta de lança mais de perto, vendo o dez assumir também a direita (Bernardo seria muito bom nisto). Na esquerda, Depay é desejo alcançável e no centro, Lautaro parece ter perdido a vontade de ir para Camp Nou, com a saída do ídolo Messi. Gabriel Jesus, mais jovem e goleador, é hipótese, tal como Immobile, melhor marcador da Europa, mesmo que tenha acabado de renovar com a Lázio. Uma coisa é certa, vêm aí tempos difíceis.

PAOK no caminho do Benfica

31.08.20, Francisco Chaveiro Reis

54083.jpg

O PAOK é o adversário do Benfica na pré-eliminatória da Liga dos Campeões, disputada apenas num jogo (15 ou 16 de setembro). Os comandados de Abel, que eliminaram o Besiktas, na ronda anterior, serão um feroz adversário, mesmo que o Benfica, seja favorito. Com um ataque rápido e eficaz, o PAOK pode causar danos. Pelkas (passou pelo Setúbal), Akpom (das escolas do Arsenal) e Tziolis (adolescente maravilha) são o trio de ataque e as figuras de um plantel que conta com o português Vieirinha e com vários homens que passaram por Portugal, além de Pelkas: Rodrigo Soares (FCP B, Chaves e Aves), Fernando Varela (Feirense, Trofense ou Estoril), Warda (Gil Vicente) ou Esiti (Estoril e Leixões). Sorteio completo.

Um Pote de TT

31.08.20, Francisco Chaveiro Reis

img_920x519$2020_08_30_21_01_14_1747729.jpg

Terminado o estágio no Algarve, o Sporting perdeu com o Farense e venceu Portimonense e Belenenses. Sendo que o primeiro foi um treino conjunto, é honesto dizer que o Sporting leva duas vitírias em dois jogos, nesta pré-época. Não que isso seja o mais importante mas é sempre melhor vencer. E o destaque vai inteirinho para Pote e para Tiago Tomás, assistentes e goleadores.

Ante do Portimonense, vitória por 2-1. Sporar, de grande penalidade, empatou então a partida e Pote, em grande desmarcação, serviu Tiago Tomás para o golo da vitória. Ontem, 3-1 à Belenenses SAD. Pote estreou-se a marcar, Tiago Tomás e Sporar voltaram a marcar. Entre os homens que seguiram para estágio, os jovens estiveram em destaque, sobretudo Quaresma, Inácio e Bragança. Rodrigo foi aposta mas não a justificou. Nos reforços, Adán cumpriu; Feddal fez um penalty e ainda temos que melhor o avaliar; Antunes deixou boas indicações, tal como Santos. Porro parece ter garra, algo que fazia falta. 

O Sporting tem muita gente para "despachar" e precisa de, pelo menos, três homens: um defesa-central pela direita (fala-se em Lyanco e Tormena, mesmo que sejam dossiers difíceis); um médio defensivo (Bragança parece posicionar-se mesmo que já tenha sido apontado Gustavo Assunção) e um ponta de lança (Paulinho é desejo caríssimo e Mandzukic, a meu ver opção de topo, já foi apontado). Se o mercado correr bem (venda de Jovane, Acuña e Palhinha pelos valores desejados, somando pelo menos 50 milhões), é de crer que chegue ainda um concorrente para Porro (tirando espaço a Ristovski) e mais um extremo. 

Palhinha na Rússia?

28.08.20, Francisco Chaveiro Reis

João-Palhinha.jpg

A ser verdade a ida de João Palhinha para o CSKA Moscovo, quem fica a ganhar? O jogador terá, claro, uma melhoria salarial que não é de desprezar mas em ano de Euro, ganharia mais em ficar por cá, debaixo dos olhos de Fernando Santos. O Sporting que procura, justamente um médio defensivo, fica sem um de qualidade, da sua escola e não faz grande encaixe (e ainda tem que dar parte ao Braga). O CSKA recebe um bom jogador que tinha vontade de ser mudar para um campeonato mais competitivo e não só não vai, como se muda para um, menos competitivo e a 5.000 quilometros de Lisboa. 

Pág. 1/4