Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

The English Game (2020)

26.03.20, Francisco Chaveiro Reis

The20English20Game20Netflix-2-bd4b38c-scaled.jpg

No Netflix, já mora The English Game, minisérie sobre os primeiros anos do futebol. Numa época em que o jogo era dominado pelas classes altas que o inventaram e moldaram, Fergus Suter, escocês é recrutado pelo dono de uma fábrica em Darwan, Inglaterra. Contra os costumes e leis da época, ele e o amigo Jimmy Love, tornam-se nos primeiros futebolistas profissionais, passando depois para o Blackburn. Ao mesmo tempo, percebemos como o jogo ocupa um papel central na vida da classe operária, que vê nele, como ainda hoje acontece, um escape e motivo orgulho. Estrelado por Kevin Guthrie.

4 anos sem o 14

24.03.20, Francisco Chaveiro Reis

Johan-Cruyff.jpg

Um dos maiores protagonistas de sempre do jogo, morreu há quatro anos. Como se sabe, foi não só um dos melhores de sempre com a bola nos pés, como foi um dos mais inovadores e vencedores treinadores, tendo ainda deixado alunos de excelência como Guardiola. 

UEFA adia Euro para 2021

17.03.20, Francisco Chaveiro Reis

Euro-2020.png

O Euro 2020 não o será, sendo jogado apenas no próximo ano. É mais uma consequecina da Covid-19 no desporto e na economia, depois de maior parte dos campeonatos, um pouco por todo o mundo, estarem parados. Os jogos de playoff deveriam ser jogados em março, e o campeonato, onde Portugal defenderia o título, começaria em junho, numa edição história, jogada em vários países.

Atlético e PSG seguem em frente

12.03.20, Francisco Chaveiro Reis

1211863755.jpg.0.jpg

Nem mesmo a presença de público, catapultou o Liverpool para a fase seguinte da Champions. Depois da derrota por 0-1 em Madrid, esperava-se um Liverpool fortíssimo, na defesa do seu título. À beira do intervalo, Wijnaldum adiantou a equipa de Klopp no jogo e empatou a eliminatória e Oblak evitou, por diversas vezes, o segundo. Anfield viu então, um prolongamento pleno de emoção. Aos 94´, Firmino fez o 2-0, mas LLorente, por duas vezes e Morata fizeram o 2-3 final e o Atlético, com Félix em bom plano, passa com um total de 2-4. Com público apenas no lado de fora do Parc des Princes, o PSG virou a eliminatória. Neymar, aos 28´e Bernat, aos 45´, fizeram o 2-0 final e o PSG segue em frente, com um total de 3-2, deixando o Dortmund de Haland, pelo caminho.

Ilicic marca quatro. Mourinho eliminado.

11.03.20, Francisco Chaveiro Reis

Ilicic.Atalanta.2019.20.esulta1.750x450.jpg

Na estreia na Liga dos Campeões, a Atalanta soma e segue. Ontem, num Mestalla vazio e triste, Ilicic marcou quatro vezes e os de Bérgamo seguem em frente com um total de 8-4. Depois de ser atropelado em Itália, o Valência pouco melhor fez em casa, perdendo por 3-4, com infeliz exibição do central Diakhaby, autor de dois penaltys. Nem os dois golos de Gameiro, nem o golaço de Fernan Torres serviram para alguma coisa. Com semelhante facilidade, também o Leipzig carimbou a passagem, eliminando o pobre Tottenham de Mourinho, finalista no ano passado, com Pochettino e sem as principais estrelas. Na Alemanha, ainda com público, 3-0 com bis de Sabitzer e um golo de Forsberg, com muita ajuda de Lloris. 

Craques da bola, 42

10.03.20, Francisco Chaveiro Reis

vassell.png

Brilhou pela Bulgária, foi um dos melhores jogadores do Sporting nos anos 90 e tornou-se numa lenda no Estugarda. Krassimir Balakov, aos 53 anos, é treinador, mas sem o brilho que tinha com a bola nos pés.

De 1982 a 1990, jogou pelo modesto Eter Veliko Tarnovo, marcando 35 golos em 142 partidas. Em 1991, Sousa Cintra, trá-lo para Alvalade. É um búlgaro desconhecido, de 25 anos, mas desde logo começa a dar nas vistas numa equipa que contava com grandes craques: Fernando Gomes, Douglas ou Oceano. Por lá, andavam jovens do melhor que havia, como Cadete, Figo ou Peixe. Na primeira impressão, 8 golos em 22 tentativas. Com grandes golos e a camisa dez nas costas, ficaria até 1995, sendo essencial na conquista da Taça de Portugal de 1995, onde o herói da tarde foi o compatriota Iordanov, com dois golos. Esquerdino, conquistou Alvalade à conta de 43 golos em 138 jogos. Deixou saudades.

Seguiram-se oito épocas no Estugarda. Por lá, até teve a boa companhia de Élber e Bobic mas nunca teve títulos que não uma Taça da Alemanha e duas Taças Intertoto. Pouco, para a sua classe. O maior momento na Alemanha terá sido em 1997, quando venceu a Taça, em pleno Estádio Olímpico de Berlim, ante do Energie Cottbus. Joachim Low, hoje selecionar da Alemanha, era o seu treinador. Com 37 jogos e 4 golos, despediu-se dos relvados, com 37 anos. Fez 236 jogos na Bundesliga e marcou 54 vezes. Em 2005-2006, ainda fez um jogo pelo Plauen, numa experiência sem seguimento.

Seguiu-se uma pálida carreira como treinador, com passagens por Estugarda (adjunto), Grasshopers, St. Gallen, Chernomorets, Hajduk Split, Kaiserslautern, Litex e seleção búlgara.

Na seleção, fez parte de uma geração de ouro que ficou em quarto posto no Mundial de 1994. Fez 7 jogos nos EUA, ao lado de Stoichkov, Kostadinov ou Letchkov, para além do colega sportinguista Iordanov. Fez 92 jogos e marcou 16 golos pela Bulgária.

O melhor da melhor

09.03.20, Francisco Chaveiro Reis

1447029.jpg

Bruno Fernandes chegou a Manchester e conquistou a Premier League. O United, com ele, subiu de patamar, venceu ontem o rival City, por 2-0, com mais uma assitência do 18 e Bruno, vindo de uma liga periférica, calou todas as hesitações e foi eleito o melhor jogador de fevereiro, da melhor liga do mundo.

Pág. 1/3