Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Ibra, o penso rápido do Milan

Francisco Chaveiro Reis
03
Jan20

enwa0mpwsaadfbt.jpg

Tenho poucas dúvidas de que Ibrahimovic brilhará no Milan até fim da época. Já não é o mesmo da sua primeira passagem pelo clube (56 golos em 85 jogos) e é quase impossível vencer um título, mas será o melhor marcador e jogador da equipa e puxará pelos companheiros, na sua maioria, banais, como aliás, já era o caso nos LA Galaxy.

Mas Ibra é apenas um penso rápido. Um gigante adormecido, em busca da glória de outros tempos não aposta num avançado de 38 anos que passou os últimos dois anos numa semireforma norte-americana. Mesmo que esse avançado seja alguém especial como Ibrahimovic. O sueco será apenas uma distração até fim da época e uma forma de desviar as atenções do estado calamitoso do Milan.

Do Milan, espera-se uma revolução, apostando nos cavalos certos. A começar pela estrutura para o futebol que, tendo Maldini e Boban, vive apenas da ligação emocional do clube e adeptos a estas figuras, que sendo das maiores da história do Milan, nada mostram como dirigentes. Numa altura em que o futebol italiano já não tem capacidade para atrair as grandes estrelas, no auge da carreira – menos capital do que em Inglaterra e Espanha; estádios e infraestruturas envelhecidas e aparecimento de ligas secundárias com poder de atração – o Milan deve parar de recrutar as “sobras” da liga espanhola e, sim, voltar a apostar nas suas escolas e procurar talentos em ligas secundárias como as de Portugal, Bélgica ou Países Baixos.

Rumor do dia: Munas Dabbur

Francisco Chaveiro Reis
03
Jan20

image.jpg

Goleador no RB Salzburg, Munas Dabbur, avançado móvel israelita, não está a vingar no Sevilha onde tem a concorrência de Chicharito, De Jong ou Munir. Após ter custado 17 milhões no verão, parece haver a possibilidade de chegar por empréstimo a Alvalade. Acrescentaria qualidade, claro, mas seria um investimento grande, se não já, no próximo verão. 

Kahn é o sucessor de Rummenigge

Francisco Chaveiro Reis
02
Jan20

1024.jpg

Aos 50 anos, Oliver Kahn, foi nomeado sucessor de Karl-Heinz Rummenigge. O antigo guarda-redes integra a estrutura desde já, de modo a assumir-se como presidente do Bayern, em janeiro de 2022. Kahn, conhecido pela sua extrema exigência para com os companheiros, representou o clube bávaro entre 1994 e 2008, vencendo uma Liga dos Campeões, uma Taça UEFA, uma Taça Intercontinental, oito campeonatos da Alemanha, seis taças da Alemanha e seis Supertaças. Já Rummenigge, de 64, avançado nos tempos de jogador, esteve em Munique entre 1974 e 1984, vencendo duas Ligas dos Campeões, uma Taça Intercontinental, dois campeonatos e duas taças.  Vice-presidente entre 1991 e 2002, foi nomeado presidente do clube em 2002 e até ao momento, guiou o Bayern a vencer 12 campeonatos, 9 taças, 5 supertaças, duas DFL-Ligapokal, uma Liga dos Campeões e uma Supertaça Europeia.

Jemerson e Dyego Sousa associados

Francisco Chaveiro Reis
02
Jan20

desde-2016-no-monaco-jemerson-marcou-quatro-gols-c

Abre o mercado, começam os rumores. Jemerson, internacional brasileiro, pouco utilizado no Mónaco, estará na mira do Sporting. Aos 27 anos, o defesa, está em fim de contrato com o clube do Principado e poderia ser um bom negócio, pelos valores envolvidos, mas sobretudo pela qualidade que já demonstrou na Europa e no Atlético Mineiro. Aos 30 anos, Dyego Sousa, com um olho no Euro 2020, também poderá ser reforço. Depois de apenas 10 jogos (3 golos) na China, o avançado tem interesse em regressar a Portugal e seria, como Jemerson, um reforço experiente, pronto a jogar. Veremos.

Weigl é do Benfica

Francisco Chaveiro Reis
01
Jan20

1024.jpg

O Benfica acaba de contratar Weigl ao Dortmund por 20 milhões de euros. É um negócio surpreendente mas positivo para o clube e liga. Weigl era suplente do BVB mas é internacional alemão, tinha propostas de ligas mais competitivas e aos 24 anos, está no seu auge. É pouco provável que o médio defensivo fique muito tempo por cá mas enquanto ficar, enriquecirá o campeonto. Weigl iguala De Tomas como o segundo jogador mais caro de sempre na história do Sporting e é mais um negócio milionário do Benfica esta época, após Carlos Vinicius (17 milhões) e RDT. Pretendido, Gedson pode estar de saída. 

Pág. 6/6