Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Keizer sai

Francisco Chaveiro Reis
03
Set19

transferir.png

Marcel Keizer já não treinará os reforços Fernando, Bolasie e Jesé. O holandês não resistiu ao mau início de época (em 5 jogos, 2 derrotas,1 empate e 11 golos sofridos) e está de saída. Leonel Pontes, vitorioso comanante dos sub-23 assume os destinos da equipa até chegar um sucessor. Quem deveria ser? Um português, com experiência na nossa liga e com coragem para lançar jovens. Gosto de nomes como os de Miguel Cardoso (apesar das más experiencias recentes) ou Pedro Caixinha mas gosto sobretudo de Jorge Silas. Veremos o que aí vem. 

O senhor Marcel Keizer, chegado sem grande curriculo, passou por um grande clube e ajudou a conquistar mais dois trofeus para o Museu. Por isso e pela forma educada e correta como sempre se comportou merece o agradecimento leonino. Acredito que tenha dado o seu melhor. Em 42 jogos, alcançou 25 vitórias.

Resumo do mercado sportinguista

Francisco Chaveiro Reis
03
Set19

+Jesé Rodriguez - AM RENDERS.png

Entradas

  • Rosier (Dijon)
  • Neto (Zenit)
  • Eduardo (Belenenses SAD)
  • Vietto (Atlético)
  • Camacho (Liverpool)
  • Bolasie (Everton)
  • Fernando (Shaktar)
  • Jesé (PSG)

Saídas

  • Salin (Rennes)
  • Gaspar (Olympiacos)
  • Thierry (Valência)
  • Pinto (Al-Fateh)
  • Domingos (Granada)
  • Jefferson (rescisão)
  • Jonathan (Leganés)
  • Wallyson (rescisão)
  • Gudelj (fim de empréstimo)
  • Mané (Rio Ave)
  • Iuri (Nuremberga)
  • Raphinha (Rennes)
  • Ary Papel (1.º Agosto)
  • Dost (Frankfurt)

Empréstimos

  • Ivanildo
  • Lumor (Mallorca)
  • André Geraldes (M. Tel Aviv)
  • Francisco Geraldes (AEK)
  • Petrovic (Almeria)
  • Bragança (Estoril)
  • Barbosa (Estoril)
  • Diaby (Besiktas)
  • Gauld (Farense)
  • Chaby (Académica)
  • Alan Ruiz (Aldovisi)
  • Dala (Antalyaspor)
  • Matheus Pereira (WBA)
  • Leonardo Ruiz (Varzim)
  • Elves Baldé (Feirense)

O mercado fechou

Francisco Chaveiro Reis
03
Set19

37843-action.png

O mercado fechou e ao Sporting, chegaram três extremos, por empréstimo. O desejado ponta-de-lança para substituir Bas Dost não chegou e um médio para fazer de seis, também não. Em contrarelógio, o Sporting venceu Thierry e Raphinha e emprestou Diaby. Jefferson e Wallyson rescindiram. 

Fernando dos Santos Pedro, com 20 anos feitos em março, é um extremo brasileiro, que chega emprestado pelos ucranianos do Shakhtar Donetsk. Orientado por Paulo Fonseca na semana passada, participou em 20 partidas e marcou dois golos. Antes, despontara como promessa do Palmeiras, mesmo que não tenha feito muitos jogos de verde. É, neste momento, uma incógnita e parece uma opção inferior a Paulinho, que chegaria emprestado pelo Leverkusen. Não tendo opção de compra, não vejo beníficio a que ocupe o lugar de Camacho ou Plata. 

Jesé Rodriguez, espanhol de 26 anos, é homem da cantera do Real Madrid. Médio ofensivo com talento para jogar nas alas, o seu passe pertence ao PSG, que o empresta ao Sporting, depois de outros empréstimos, sempre sem grande sucesso. Uma coisa é certa. Jesé tem talento. Mas dá ideia que insiste em desperdiçá-lo. Querendo ter um papel de maior destaque, aceitou um chorudo ordenado em Paris, em 2016. Teve problemas de adaptação e em janeiro de 2017 já estava no Las Palmas. Passou ainda pelo Stoke City e pelo Bétis. Não entusiasmou ninguém. Jesé, supostamente, vem para ser usado como avançado móvel, ele que nunca foi goleador.

Yannick Bolasie, congolês de 30 anos, pertencente aos quadros do Everton, após ter brilhado no Crystal Palace. Jogador feito, o africano sempre se destacou pela sua rapidez. Formado já em Inglaterra, deu nas vistas no Plymonth Argyle e Bristol antes de se mudar para o Palace, onde viveu os melhores anos da carreira. Não teve sucesso no Everton e acabou emprestado a Aston Villa e Anderlecht.

Os reforços do Sporting não entusiasmam, mas na atual situação financeira, seria muito difícil que entusiasmassem. Veremos como se adaptam e o que podem dar à equipa.

Fim de mercado

Francisco Chaveiro Reis
03
Set19

hero-18-icardi.png

A bomba do último dia de mercado foi a chegada de Mauro Icardi ao PSG. O avançado argentino (injustamente) escorraçado do Inter, recusou várias propostas, mas no último dia de mercado, acabou por se mudar para o Parc des Princes. Por outro lado, Neymar e Pogba, são figuras do mercado, mas porque não mudaram de clube, por muito que quisessem. Caríssimos, PSG e United não se quiseram desfazer deles por qualquer valor. Por cá, Bruno Fernandes, desde cedo apontado à saída, mantem-se no plantel do Sporting, mesmo que exista a possibilidade de algum clube o pagar já e só o levar daqui a um ano. Vejamos as principais movimentações de última hora.

 

Portugal

Em Portugal, foi o Sporting a dominar o último dia de mercado. Enquanto se esperavam novidades pela porta de entrada, foi a de saída a ser mais usada. O dia amanheceu com as idas de Thierry para o Valência e de Diaby para o Besiktas. Só a primeira surpreende, especialmente por ser, tal como a segunda, por empréstimo. O Sporting ganha 12 a 15 milhões com o defesa, daqui a cerca de um ano. O maliano renderá cerca de 5. Já Raphinha, rendeu 20 milhões, mudando-se para o Rennes. Leonardo Ruiz, encalhado, foi emprestado ao Varzim. Na porta de entrada, não passou ninguém que causasse grande sensação. Não há dinheiro para craques reconhecíveis e o Sporting apostou em empréstimos – Bolasie, Fernando e Jesé.

O Rio Ave, já com um belo conjunto, recebeu Piázon, esperança brasileira que nunca se impôs no Chelsea. Casierra, ponta-de-lança colombiano, deixa o Ajax em definitivo e compromete-se com o Belenenses SAD.

O líder Famalicão recebe Roderick Miranda (Wolves), de regresso a Portugal.

O Setúbal recebeu o central Jubal, brasileiro com longa experiência em Portugal, onde já jogou por Arouca, Guimarães ou Boavista.

 

Alemanha

O Frankfurt já tinha Gonçalo e Dost mas quis mais. Por troca com Rebic, André Silva mudou-se para a Bundesliga. O Leipzig, mesmo já tendo Poulsen e Werner, contratou o checo Schick, à Roma.

 

Espanha

Muito ativo no mercado, o Sevilha de Lopetegui esperou para o último dia para patrocinar o regresso do mexicano Chicharito a Espanha. O Real falhou Neymar e Pogba mas recebeu o jovem guardião Areola (PSG). Já o Celta de Vigo, recebe Rafinha, médio criativo, emprestado pelo Barcelona.

 

França

O Mónaco de Leonardo Jardim, já tinha garantido nomes muito interessantes (Ben Yedder, Slimani ou Adrien) mas nos últimos dois dias superou-se. Bakayako e Agustin, jovens franceses, chegaram emprestados. Mas foi o PSG, claro, a dar nas vistas. Icardi, uma das novelas do defeso, deixou-se convencer e aterrou em Paris. Os guarda-redes Rico (Sevilha) e principalmente, Navas (Real), fizeram-lhe companhia. O Marselha de AVB não conseguiu garantir ninguém.

 

Itália

A Juventus não anunciou nenhuma bomba (Icardi, Rakitic ou James foram apontados) e foi a Fiorentina a fazer uma grande contratação. Pedro (Fluminense), promessa brasileira é reforço de luxo para a liga italiana. A Roma chegou-se à frente e recebeu o arménio Mkhitaryan e o croata Kalinic, apostando na experiência. O experiente Darmian regressa a Itália, vindo do United e fixa-se no Parma. A Nápoles, não chegou James, mas chegou Llorente, livre após o fim do contrato com o Tottenham. A Atalanta de Champions recebeu Kjaer, ex-Fenerbahce, que regressa assim a Itália.

 

Turquia

Na Turquia, depois da euforia da chegada de Falcao ao Galatasary, chegou o médio gabonês, Lemina (Southampton).  Associado ao Sporting, Andone (Brighton), acabou também no Galatasary. Ao vizinho Besiktas, chegam armas atacantes: Diaby (Sporting) e Okaka (Watford). O Fenerbahce não quis ficar atrás e foi buscar Luiz Gustavo ao Marselha.

O dia de todas as decisões

Francisco Chaveiro Reis
02
Set19

Mauro-Manotas.png

De saída

  • Raphinha (quase no Rennes)
  • Fernandes (ainda apontado a vários clubes) 
  • Diaby (sondado pelo Galatasary)
  • Leonardo Ruiz (pode ser emprestado ao Varzim)
  • Viviano, Jefferson, Matheus Oliveira e Wallyson Mallmann (dispensados)

 

A chegar

  • Um ponta de lança (Manotas, Andone e Samatta são os últimos nomes falados)
  • Um extremo (Fernando, emprestado pelo Shaktar)
  • Um segundo extremo (Paulinho continua a ser apontado)
  • Mais um médio (Manuel Fernandes foi ontem apontado)

Pág. 3/3