Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Semana europeia

08.04.19, Francisco Chaveiro Reis

1532054371Cristiano-Ronaldo-Juventus-Png-2018.png

Numa altura em que as ligas espanhola (Barcelona), italiana (Juventus) e francesa (PSG) estão praticamente decididas é tempo de ver se o campeão inglês é o City ou o Liverpool e se o alemão é o Bayern ou o Dortmund. Mas é também tempo de se assistir ao desenrolar das duas provas europeias. A Champions League e a Europa League regressam esta semana para nos apresentarem os seus quartos de final. Já sem Real Madrid em prova, é tempo de, já na terça, o FCP ir a Liverpool. Não é favorito ante do trio demolidor Mané-Salah-Firmino mas tentará a sua sorte. O novíssimo estádio do Tottenham recebe o City que se arrisca a vencer o melhor campeonato do mundo e a maior prova de clubes do mundo. Na quarta, Ronaldo e sus muchachos visita a ArenA do Ajax, responsável por um banho de bola ao Real. No mesmo dia, o United de Solskajer recebe o Barcelona, a par do City, o favorito à vitória final por muito que os portugueses (e muitos italianos) gostassem de ver CR7 vencer mais uma Champions. A Liga Europa é menos apetecível mas quem lá está, está para vencer. O sempre imprevísivel Arsenal recebe o eterno segundo classificado da liga italiana, o Nápoles de Ancelotti. Duelo equilibrado mas que tenho para mim que vai sorrir aos azuis. O Benfica, na reta final da luta pelo campeonato português, poderá ter tendência a relaxar o que ante do Frankfurt 2019 não é recomendável. Rebic, Paciência, Haller, Kostic e principalmente Jovic são setas apontadas à Benfica da Luz. Já o Slavia, surpresa da prova, deve ter esticado ao máximo a sua competência e sorte e deverá deixar o Chelsea seguir em frente. Por fim, duelo de vizinhos. Villareal e Valência, a fazerem campanhas abaixo do esperado, lutam por um lugar nas meias. Aposto mais nos amarelos, que o Sporting ajudou a ganharem vida. 

Bruno carrega Sporting para o Jamor

04.04.19, Francisco Chaveiro Reis

Bruno-Fernandes-1.png

O médio Bruno Fernandes marcou ontem o seu 26.º golo da época e colocou o Sporting na final da Taça de Portugal. Nada que surpreende. O capitão e coração da equipa do Sporting está em todo o lado e faz tudo bem. Ontem, "bastava" vencer o Benfica por 1-0 e foi isso mesmo que o Sporting fez. Com muita trapalhice, que Gaspar, Gudelj, Raphinha ou Phellype mostram mais vontade do que talento mas com Acuña (se tivesse cabeça o que seria dele?) e principalmente Fernandes a espalharem classe. O Sporting foi sempre pressionante e mereceu a vitória, ante de um Benfica que se tem que preocupar mais com o campeonato e que parece começar a pagar a fatura de um futebol de alta rotação. Depois da página negra que foi maio de 2018, o Sporting pode em maio de 2019 passar a página. O clube não acabou, a equipa de futebol não está assim tão mal como se pensaria há um ano e vamos para a segunda final da época. Claro que nada disto substitui a conquista do campeonato mas o poder de cura do clube é, sem dúvidas, assombroso. 

Pág. 3/3