Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

O fantástico Manchester City

30.11.17, Francisco Chaveiro Reis

IMG_4966.JPG

À segunda tentativa, o Manchester City de Pep Guardiola encanta. Com 14 jogos disputados, os citizens empataram uma vez e venceram 13, incluíndo ontem e no fim-de-semana passado, com golos de Sterling nos últimos segundos. Ontem, domínio total e golo de De Bruyne aos 47´. O City desperdiçou e o Southampton aproveitou para empatar, por Oriel Romeu. Os adeptos tiveram que esperar até aos 95 minutos para ver Sterling manter os oito pontos de vantagem do líder sobre o Manchester United. Nos outros jogos da noite, destaque para a goleada do Arsenal por 5-0 sobre o Huddersfield; para a vitória claríssima do Liverpool em Stoke com mais dois golos de Salah (o melhor marcador do campeonato) e ainda para o hat-trick de Rooney contra o West Ham, com um golo de antes do meio campo

Júlio César deixa Lisboa

29.11.17, Francisco Chaveiro Reis

maxresdefault.jpg

Júlio César vai deixar o Benfica. O veterano guarda-redes brasileiro, suplente de Varela e Svilar, tem acumulado problemas físicos e rescindiu com o campeão nacional, não sendo certo que continue a carreira. Júlio César chegou à Luz depois do desastre do 7-1 da Alemanha ao Brasil e conseguiu reiventar-se. Substituiu Oblak e foi tri-campeão, relançando a carreira. Perdeu depois o lugar para Ederson e para as lesões. O keeper de 38 anos  destacou-se nas suas passagens por Flamengo e Inter. 

Benevento só sabe perder

29.11.17, Francisco Chaveiro Reis

Bene1.jpg

Curiosa a história do Benevento, que este ano subiu à primeira divisão italiana. O Benevento até joga bom futebo, tem jogadores de alguma qualidade como Belec, Cataldi, Armenteros ou Puscas, fãs dedicados mas não sabe...pontuar. Ao fim de 14 jornadas leva 14 derrotas, muitas delas ao cair do pano. Em termos de golos, a coisa também não é famosa. Marcou 6 golos e sofreu 34. Numa altura em que se jogou sensivelmente um quarto do campeonato, a sobrevivência na Série A parece ser uma miragem. 

United vence em Vicarage Road

29.11.17, Francisco Chaveiro Reis

nintchdbpict000369727669.jpg

O Manchester United de José Mourinho foi ao difícil terreno do Watford de Marco Silva vencer por 2-4, numa bela partida de futebol. Young, reiventado por Mourinho como homem que faz todo o lado esquerdo, marcou os dois primeiros golos, com dois grandes remates, o segundo de livre direto. Martial, em crescendo fez o 0-3 ao intervalo. O Watford reagiu marcando duas vezes. Primeiro, Deeney de grande penalidade e depois Doucoré. O melhor ficou para o fim. Em jogada individual que parecia condenada ao insucesso, Lingard passou por meia equipa do Watford e rematou para o 2-4 final. O United fica a 5 pontos do City, que só hoje joga. 

Aos 43 anos, Zé Roberto deixa o futebol

28.11.17, Francisco Chaveiro Reis

622_950f6ed6-b565-382a-84d5-bd30be23289c.jpg

Foi uma carreira longa e cheia de sucesso. Aos 43 anos (!!!), Zé Roberto, médio brasileiro, deixa de ser jogador de futebol. Estreou-se em 1994 pela Portuguesa dos Desportos (por lá encontrou Zé Maria, Rodrigo Fabri ou Nélson Bertollazzi) onde ficou até 1997.

zc3a9-roberto-real-madrid1.jpg

Chamou à atenção do Real Madrid (Raul, Suker, Seedorf e Hierro)  e aterrou no Bernabéu. Custou mais de 2 milhões de euros ao clube espanhol mas não conseguiu impor-se. Fez mais meia época (total de 21 jogos) mas regressou ao Brasil para representar o Flamengo (Renato Gaúcho, Júnior Baiano ouJúlio César). Depois da participação no Mundial 1998, regressou à Europa para se impor.

622_ed4ea9ff-128a-3469-8f79-6345ddb4fd3a.jpg

Fez quatro grandes anos no Bayer Leverkusen (Ballack, Lúcio, Emerson ou Basturk) e com naturalidade, foi "promovido". Mudou-se para o Bayern (Kahn, Lizarazu, School ou Éber) onde faria mais quatro anos.

zeroberto_gol_reu_60.jpg

Regressou ao Brasil, jogando pelo Santos (Cláudio Pitbull, Rodrigo Tiuí ou  antes de regressar para mais dois anos no Bayern e dois no Hamburgo (Van Nistelrooy e Petric). Despediu-se da Europa em 2011 e foi para o Qatar (Diego Tardelli). Jogou mais seis anos.

Zé-Roberto-grêmio-640x480-fotoarena.jpg

Primeiro, três épocas pelo Grémio (Barcos, Alan Ruiz, ou Kléber "Gladiador") e por fim, três pelo Palmeiras (Arouca ou Michel Bastos) onde chegou com 40 anos.

ze-roberto-brasil1.jpg

Pelo Escrete (Ronaldo, Rivaldo, Romário ou Roberto Carlos), esteve em dois Mundiais, duas Copas América, três Taças das Confederações e uma Gold Cup. No total somou 84 jogos pelo Brasil.

0,,11243164-EX,00.jpg

Venceu um campeonato espanhol, uma supertaça espanhola, quatro ligas alemãs, três taças alemãs, um campeonato paulista, uma taça do Emir do Qatar, uma copa do Brasil, um campeonato brasileiro e ainda duas Copas América e duas Taças das Confederações. Foi lateral esquerdo, extremo, médio interior e médio centro e um dos jogadores mais regulares e interessantes do futebol brasileiro dos últimos trinta anos. 

 

 

 

 

Montella deixa San Siro

27.11.17, Francisco Chaveiro Reis

Montella.0.jpg

Sem grande surpresa, Montella deixou o comando técnico do Milan. 200 milhões depois, o Milan está no sétimo lugar do Calcio, com menos 18 (!!!) pontos do que o líder Nápoles. Com tal investimento, o mínimo expectável era que os rossoneri estivessem na zona Champions. Montella, de 43 anos, cumpriu uma primeira época em Milão, onde, sem ovos, fez a equipa jogar bem e terminar a liga italiana no 6.º posto. Apurou-se para a Liga Europa, onde tem feito boa campanha, com três vitórias e dois empates, para além de ter um gol average de 9. Na liga, 14 jogos, com 6 vitórias, 6 derrotas e dois empates, o segundo dos quais no último jogo de Montella. Gennaro Gattuso, histórico jogador do clube, assume o comando, interinamente. 

Ao rubro

27.11.17, Francisco Chaveiro Reis

img_818x455$2017_11_26_18_47_28_687966.jpg

A poucos dias do FCP-Benfica, a liga portuguesa está ao rubro, com o empate do líder FCP na Vila das Aves e as vitórias de Sporting e Benfica. Depois de terem sido disputados 12 jogos, o FCP tem 32 pontos; Sporting, 30 e Benfica, 29. 

Grémio a caminho da terceira Liberta

23.11.17, Francisco Chaveiro Reis

img_3950-3270151.jpg

O Grémio venceu em  casa, por 1-0 (golo de Cícero), na primeira mão da final da Taça dos Libertadores da América, a Liga dos Campeões da América do Sul. A equipa de Porto Alegre está bem posicionada para vencer a prova pela terceira vez, depois das conquitas de 1995 (com Mário Jardel que marcou 12 golos na prova, superando os 7 de Beto Acosta, então no Chile) e de 1983. Já o Lanús pode vencer a sua primeira Taça se der a volta na segunda mão, na Argentina, a 29 de novembro. Ontem, pelo Grémio jogou Geromel (ex-Chaves e Guimarães) e Cortez (ex-Benfica) 

Pág. 1/4