Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Nasce a Liga das Nações

12
Out17

1.jpg

Começa em setembro de 2018, a Liga das Naçõesm a novíssima prova da UEFA. Portugal, vencedor do seu grupo de qualificação para o Mundial, será cabeça de série na Liga A, composta por 12 seleções (as outras são Alemanha, Bélgica, Espanha, França, Inglaterra, Suíça, Itália, Polónia, Islândia, Croácia e Holanda). A Liga das Nações será jogada de dois em dois anos, entre seleções nacionais europeias, nas datas disponíveis entre as qualificações tradicionais e na prática vem substituir os jogos particulares, trazendo mais competitividade aos jogos de seleções. Na Liga A, haverá apuramento de campeão e nas Ligas B, C e D há possibilidade das equipas subirem ou descerem de escalão. Em jogo estarão as 55 seleções europeias atuais. Para o Euro 2020, as quatro últimas equipas apuradas serão encontradas através de play-off a que a Liga das Nações dá acesso. 

Hoje em Oleiros

12
Out17

image.jpg

O Sporting joga hoje em Oleiros, para a Taça de Portugal. Com alguns lesionados e vários jogadores a regressar dos compromissos das seleções, Jorge Jesus apostará numa equipa alternativa, previsivelmente com Salin, Ristovski, Kiki, Pinto e Jonathan; Iuri, Petrovic, César e Matheus; Podence e Dala. O banco deve contar com Stojkovic, Demiral, Ary Papel, Petrovic, Jovane, Ponde e Leão. 

André Silva versus Mauro Icardi no derby de Milão

12
Out17

Nike_HV_Phantom_GX_comp3_corretta_alta_74709.jpg

A fábrica da Nike em Montebelluna foi inaugurada em 1996 e as primeiras botas de futebol, as Air GX, fizeram a sua estreia no ano seguinte.

Cerca de 20 anos depois, o compromisso da Nike Football para com o design e a dedicação dos criativos especializados de Montebelluna em criar botas revolucionárias permanece. Ao combinar materiais de qualidade superior com as melhores inovações, a unidade é reconhecida por oferecer aos atletas profissionais da Nike botas construídas exatamente de acordo com as suas especificações.

Ainda que, de acordo com os padrões atuais, sejam consideradas mais conservadoras, os apontamentos de cor e o acolchoamento ondulado das primeiras Air GX deram o mote para o lado mais ousado da Nike. A imagem de marca icónica revelava um sinal do que aí vinha, tanto dentro como fora do campo, com sapatilhas como as Nike Spiridon ao adotarem a tecnologia mini-Swoosh das Air GX. Até o nome da bota, um aceno à Geração X, veio reforçar que as Air GX não seriam para o pai comum calçar.

Agora, no 20º aniversário das Air GX e como forma de celebrar, a Nike vai lançar uma edição limitada das Hypervenom GX. As botas são compostas por cabedal Alegria bem como pela tecnologia Nike Flyknit, combinando materiais tradicionais com tecnologia moderna numa bota 35% mais leve do que as Air GX originais.

As Hypervenom GX mantêm as linhas icónicas das Air GX, mas sem o acolchoamento que originalmente perfurava o cabedal. A parte superior continua a apresentar a entrelaçado assimétrico do modelo de 1997, mas sem a lingueta superdimensionada que caracterizava as primeiras botas.

São inúmeras as razões que fazem merecer a homenagem à equipa de Montebelluna, sendo que vários membros colaboram com a Nike desde as primeiras Air GX. O escudo de Montebelluna bem como as cores da bandeira italiana aparecem no saco das botas, na palmilha e no calcanhar. A bandeira de Itália foi também tecida na lateral da bota. O símbolo do cabedal Alegria na parte superior inclui o número 20 para assinalar o aniversário.

As Hypervenom GX vão estar disponíveis a 12 de outubro. Designs adicionais inspirados nas GX estão disponíveis em NIKEiD.