Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Beto Acosta faz 51 anos

23
Ago17

beto-acosta.jpeg

Beto Acosta chegou ao Sporting em janeiro de 1999, a tempo de jogar a segunda parte da época 1998-1999, com a camisola 27 nas costas. Não encantou e marcou apenas três golos em treze tentativas. O Sporting ficou no quarto posto. O clube apostou na sua continuidade e já com a camisola 11, Beto Acosta, El Matador, foi uma figura de proa do título de 2000. Ficou para a história os passes longos de Schemeichel para o avançado, que recebia de costas para a baliza ou tocava para os extremos.

andre_jpg.jpg

Nessa segunda época, marcou 24 vezes em 39 partidas e tornou-se na estrela da equipa, ganhando até hoje um lugar no coração de Alvalde. Tinha já 33 anos e ainda ficou mais uma época. Jogou a Champions League e fez mais 21 golos. Infelizmente, o Sporting não passou do terceiro posto. Regressou à Argentina para jogar até 2004, pelo San Lorenzo.

77849.jpg

Acosta começou a dar nas vistas no fim dos anos oitenta, ao serviço do San Lorenzo e em 1990 mudou-se para Toulouse (com o ex-portista Demol)  onde marcou seis golos em ano e meio. Foi devolvido à procedencia e voltou a ser goleador no San Lorenzo. Seguiu-se a mudança para o Boca Juniors. Passou ainda por Chile (Universidade Católica) e Japão (Yokohama Marinos) antes de regressar, mais uma vez, ao San Lorenzo. Em 1998 chegou a Lisboa. 

XsPpW3zZ.jpg

Entre 1992 e 1995, jogou 19 vezes pela Argentina, marcando em duas ocasiões. Terá sido tapado na equipa nacional por homens como Balbo, Batistuta, Crespo, Palermo ou Caniggia.  

 

 

 

Yannick Djaló e José Semedo regressam a Portugal para defender o Setúbal

23
Ago17

yannick9.jpg

Yannick Djaló, avançado móvel das escolas do Sporting, está de regresso a Portugal para atuar pelo Vitória de Setúbal. O antigo camisola 20 dos leões estava sem clube, após ter jogado, no ano passado pelo Ratchaburi, da Tailândia, onde fez 19 partidas e marcou 10 golos. Djaló estreou-se pela equipa principal do Sporting em 2006, depois de ter sido emprestado ao Casa Pia e de ter jogado pela equipa B do Sporting. Sem nunca se assumir como titular ou granjear grande amor nas bancadas, acabou por atuar em muitos jogos durante seis épocas. Fez quase 100 jogos e marcou por 23 vezes. Em agosto de 2011, o Nice ofereceu 6 milhões por ele. O Sporting aceitou o negócio mas os documentos chegaram atrasos a França e o médio não pode ser inscrito. Ficou em Alvalade até assinar...pelo Benfica. Não foi considerado como uma grande perda para o Sporting nem uma grande contratação para o Benfica. Jesus, que o pediu, só o fez entrar em três jogos. Seguiram-se experiência no Toulouse, SJ Earthquakes e Mordovia antes da aventura tailandesa. Não sendo um jogador de topo, Djaló ainda poderá ser bastante útil, aos 31 anos. 

_83806774_jose_semedo-2.jpg

O Setúbal de José Couceiro contará ainda com José Semedo. Igualmente formado no Sporting, o defesa, um dos melhores amigos de Cristiano Ronaldo, conta com longa experiência no estrangeiro, vindo do Sheffield Wednesday. Semedo começou nas camadas jovens de Alvalade e passou também pelo Casa Pia, emprestado. Em 2006, foi emprestado ao Cagliari mas seria em Inglaterra que faria carreira, na segunda divisão (e terceira). Sempre titular, passou quatro anos em Londres, no Charlton. Mudou-se depois para o Wednesday onde foi figura durante seis épocas. Na época passada, sob o comando de Carlos Carvalhal, fez apenas 11 partidas e regressa a Portugal. 

Gabriel Barbosa

23
Ago17

584bd0e1cca981b915000001.jpg

Acredito que Gabriel Barbosa será reforço do Sporting se o clube se qualificar para a Liga dos Campeões. Não gosto muito de valorizar jogadores de outras equipas mas para um futuro imediato e em termos desportivos, Gabriel pode ser um goleador e um jogador determinante para o Sporting. Venha ele, nem que se tenha que pagar metade do avultado salário. Hoje já se noticia o interesse também do Benfica. Acredito que seja apenas manobra para pressionar o Sporting mas a ser verdade, seria inadmissível perder um craque para o vizinho. Basta pensar em Mitroglou e no que seria o Sporting com essa opção há dois anos...

Internacionais portugueses mudam de clube

23
Ago17

dh12yqrxcaaipc-.jpg

Na época que antecede o Mundial, vários internacionais portugueses estão a mudar de clube. Éder, o herói do Euro 2016, acaba de trocar o Lille, onde Bielsa o votou ao esquecimento, pelo Lokomotiv de Moscovo, actual segundo classificado da liga russa. Éder será colega de Manuel Fernandes e de outros jogadores de qualidade como Farfán, Ari, Denisov ou Corluka. Recorde-se que Éder já se tinha mudado para França meses antes do Euro. Agora, muda-se para Moscovo, menos de um ano antes do Mundial da Rússia. 

A Valência chega o extremo Gonçalo Guedes após seis meses em Paris. Tapado por nomes como Lucas, Di María, Draxler e agora Neymar, Guedes espera somar mais minutos em Valência, onde encontrará Nani e Vezo (que ainda podem sair neste defeso). Não que seja fácil, uma vez que terá forte concorrência no português e noutros como Santi Mina ou Rodrigo Moreno mas terá mais oportunidades, seguramente. 

De Valência sai João Cancelo. O lateral formado no Benfica ruma ao Inter, mudando-se para uma liga menos importante hoje em dia, mas para um dos grandes colossos europeus, em termos históricos. Cancelo junta-se a João Mário na esperança de fazer uma grande época que o coloque na lista de Fernando Santos mesmo tendo em Cédric ou Semedo, grandes concorrentes.