Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Filho de Weah assina pelo PSG

04.07.17, Francisco Chaveiro Reis

Timothy-Weah-fils-de-Georges-Weah-2.jpg

O pai, George, jogou pelo clube com enorme sucesso entre 1992 e 1995, marcando 55 golos e sendo transferido para o Milan, expoente maior do futebol naquela altura. O filho, Timothy, de 17 anos, acaba de assinar contrato profissional com o clube que representa nas camadas jovens desde 2014. Terá melhor sorte do que o irmão, George Weah Junior? Aos 29 anos já não joga, após carreira sofrível passada nas camadas jovens do Milan, equipas de segunda na Suíça, passagem pela Bulgária e término no PSG...B. Timothy, avançado como o pai e irmão, promete bastante mais.Recorde-se que George Weah tinha ainda um primo no jogo, Christopher Wreh, que ainda passou por Mónaco, Arsenal antes de acabar a carreira na Indonésia. Kyle Duncan, é também da família, sobrinho de George e aos 19 anos, atua no Valenciennes. 

Oficial: Luiz Gustavo no Marselha

04.07.17, Francisco Chaveiro Reis

1024.jpg

Luiz Gustavo, médio defensivo internacional brasileiro, acaba de trocar o Wolfsburgo pelo Marselha. É uma grande perda para os "lobos" e uma grande contratação para o Marselha, novamente rico, que procura reforçar-se com qualidade, tendo já garantindo o "campeão" Germain. O que é estranho é que aos 29 anos, Luiz Gustavo parece estar a passar ao lado de uma grande carreira. Esteve bem no Hoffenheim e foi figura secundária no Bayern. Passou quatro anos no Wolfsburgo antes de chegar a Marselha. Pela sua enorme qualidade, o internacional por 41 vezes, parecia merecer outros palcos. O que falhou? 

Oficial: Hakan Çalhanoğlu reforça Milan

03.07.17, Francisco Chaveiro Reis

hakan-calhanoglu.jpg

O Milan continuar a contratar muito bem. Depois de reforçar-se, entre outros, com Musacchio, Ricardo Rodriguez, Kessié ou André Silva, chega agora a vez de Hakan Çalhanoğlu, turco, ex-Leverkusen. Dada a qualidade do médio ofensivo, o preço de 20 milhões de euros, até parece baixo mas tanto melhor para o Milan. No horizonte estão ainda Kalinic, Borja e Biglia. 

 

Pág. 8/8