Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

Fernando a caminho do Galatasaray

19
Jul17

mariano-posa-con-la-camiseta-del-galatasaray--gala

Fernando Reges está prestes a mudar-se para o Galatasaray. O médio, que passou por FC Porto e Estrela da Amadora, não conta para Guardiola e juntar-se-há ao lote de reforços. O Gala está a preparar uma boa equipa e já chegou a acordo com Maicon, Mariano, Belhanda e Gomis. A defesa ganha Maicon, experiente central e Mariano, também brasileiro, que brilhou intensamente no Sevilha e no Bordéus. O meio-campo, que viu sair Sneijder, recebe o criativo Belhanda, número dez que se deu a conhecer no Montpellier e passou ainda por Dinamo Kiev, Shalke 04 e Nice. Para o ataque, Gomis também está garantido. O internacional francês foi goleador no Marselha, Swansea, Lyon e Saint-Étienne. Os reforços juntam-se a nomes como Muslera, Cavanda, Cigerci, Inan ou Derdiyok. O Gala foi campeão, pela última vez, em 2015, naquele que foi o seu 20.º título. 

img_770x433$2017_07_05_14_09_42_1285756.jpg

O Galatasaray tentará destronar o Besiktas, atual campeão, numa tarefa que não se afigura fácil. As águias mantém Quaresma, Talisca ou Adriano e já chegaram a acordo com Pepe. No ataque à próxima época, é provável que ainda cheguem jogadores de renome. O bicampeão conta com 15 títulos.  

DCH-1l7UAAA5QAl.jpg

O Fenerbahce fecha o trio de candidatos mais prováveis ao título. Quererá este ano chegar aos 20 títulos, igualando o Galatasary. Para isso, mantém Kjaer, Srktel, Souza, Van Persie ou Fernandão e junta Kameni (Málaga), Isla (Cagliari), Valbuena (Lyon) e Dirar (Mónaco).

Panucci na Albânia

19
Jul17

gettyimages-1632948.jpg

Christian Panucci, um dos melhores laterais dos anos 90 e 00, foi hoje anunciado como selecionador da Albânia. O italiano chega a Tirana após duas épocas no comando do Livorno (treinou o albanês Vajuschi). Panucci começou no Géniva mas notabilizou-se ao serviço do poderoso Milan onde, com Maldini, Costacurta e Baresi formava um quarteto de sonho. Escusado será dizer que teve ainda como companheiros de equipa homens como Rossi, Albertini, Boban, Savicevic ou Weah. Em janeiro de 1997, aterrou em Madrid, seguindo Capello, que o projectara no Milan. Ao lado de Suker, Raul, MIjatovic ou Hierro, jogou três épocas. Regressou a Itália para jogar pelo Inter, voultou a emigrar para jogar pelo Chelsea e depois pelo Mónaco antes de regressar em definitivo em Itália. Fez oito anos na Roma e o último da carreira em Parma. Venceu duas Ligas dos Campeões, uma Taça Intercontinental, uma Supertaça europeia, dois Campeonatos da Europa sub-21, 2 ligas italianas e um espanhola, 2 taças de Itália e uma supertaça italiana e uma supertaça espanhola. 

Oficial: De Sciglio na Juventus

19
Jul17

transferir.jpg

O lateral direito De Sciglio é reforço da Juventus, que paga 12 milhões de euros ao Milan. Poderá ser o substituto de Dani Alves, tirando o português João Cancelo da corrida. De Sciglio, utilizado sobretudo na esquerda no ano passado, foi lançado no Milan por Allegri que agora o reencontra. O jogador de 24 anos, internacional por 30 vezes, fez toda a formação no Milan tendo-se estreado na equipa principal em 2011/2012. De Sciglio fez mais de 130 jogos pelo Milan, não marcando qualquer golo e conquistando apenas uma Supertaça (contra a Juve, justamente). Se esta é a "vingança" da Juventus contra a saída de Bonucci, parece ser fraca. É que o Milan contratou Conti para a direita por mais de 20 milhões (e já tinha Abate e Calabria) e Rodriguez para a esquerda, transformando De Sciglio num excedentário.