Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

O novo City

26
Mai17

Bernardo-Silva-Monaco.jpg

 

Correu muito mal a época de estreia de Pep Guardiola no Manchester City. Ficou em terceiro na Premier League, a 15 pontos do Chelsea; caiu nos oitavos de final da Liga dos Campeões; nas meias da FA Cup e na 4.ª ronda da Taça da Liga. O objetivo da contratação de Guardiola era voltar a ser campeão e ganhar maior fulgor na Europa. Para isso, foi-lhe dada carta branca para dispensar o histórico Hart e contratar Bravo, que não rendeu. Stones, Gundogan, Nolito, Sané e Gabriel Jesus foram as oitras contratações, só com os últimos dois a darem nas vistas. 

 

Já percebeu que a ordem para a próxima época é mudar quase tudo. Os últimos dias têm sido ferteis em notícias de saídas: Caballero, Zabaleta (vai jogar no West Ham), Clichy e Jesus Navas (associado à Roma). Outros, como Aguero (suplente de Jesus), Fernando ou Sagna também podem deixar o City. No sentido contrário, fala-se hoje em Bernardo Silva, que até já estará na cidade a negociar com o clube. William Carvalho e Gelson Martins também já foram associados ao Etihad.

 

Na baliza, Guardiola não gostou da prestação de Bravo, Caballero também não convenceu e não renovou. O alvo parece morar em Portugal e chamar-se Ederson. Do mesmo clube, poderá sair ainda um novo lateral direito - Nélson Semedo, sendo que Bellerín também interessa mas se de facto o Barcelona o quiser de volta, é provável que nem Guardiola o convença. Na esquerda, com Kolarov a jogar cada vez mais pelo centro será obrigatório que chegue um homem de qualidade óbvia. Alaba, que trabalhou e evoluiu com Pep no Bayern seria uma boa hipótese. No centro, há Kompany, Stones e Otamendi, para além de Kolarov. Mangala já não regressa e, apesar de ter quatro homens, não será de admirar que Guardiola avance para mais um jogador de qualidade clara. Godín, por exemplo, seria opção a ter em conta. 

No meio, Guardiola tem apostado em dois pivots. É provável que Fernandinho se mantenha e que Gundogan, que não criou impacto na estreia, se mantenham. Já Fernando e Yaya têm o lugar em risco. Para os seus lugares, Fabinho é hipótese.  Delph deve manter-se.

 

Para os três homens que jogam atrás do avançado, há quantidade e qualidade: Sterling, Silva, Sané e De Bruyne. Se Nolito sair, é possível que entre, pelo menos mais um homem, que pode ser Bernardo Silva. 

 

No ataque, Gabriel deve ter a sua época de confirmação e Aguero deve sair. Ficaria bem num grande de Itália. Também Kelechi perdeu espaço e deve ser emprestado. Não admira que Guardiola procure um homem mais posicional e difreente de Jesus para o plantel e aposto, nesta vaga, em Lukaku, goleador do Everton. 

Hugo Viana regressa ao futebol e já treina no Restelo

26
Mai17

1024.jpg

Hugo Viana, com um percurso na seleção nacional e Sporting, Newcastle, Valência, Osasuna, Sporting de Braga, Al Ahli e Al Wasl, regressou ao futebol após um ano de paragem e, aos 34 anos já treina no Belenenses. Viana viveu e jogou em Lisboa entre 1998 e 2002, altura em que foi formado pelo Sporting e se estreou pela equipa A, chegando a ser campeão ao lado de Jardel e João Pinto. 

Rumor do dia - Sporting aponta a croatas Misic, Bradaric e Elez e a suíço Gavranovic

26
Mai17

140513_gavranovic_1-thumbnail-900x900-95.jpg

O Sporting estará interessado em pescar no Rijeka, campeão croata. Segundo O Jogo de hoje, os leões têm quatro jogadores do clube debaixo de olho. O defesa central Elez, 23 anos, está ligado à Lázio e tem sido emprestado. Este ano fez 38 jogos e marcou dois golos. Com 192 cm é um central à medida de Jesus. Já Misic, 22 anos, já esteve um ano no Spezia, em Itália, mas fez a sua carreira quase toda na Croácia. Esta época fez 40 jogos e fez dois golos. Bradaric (também associado ao Bolonha), o outro esteio do meio-campo do Rijeka é mais experiente, com 25 anos e fez 38 jogos, marcando também 2 golos. Nunca saiu da Croácia. Por último, Gavranovic, com origens nos Balcãs mas suíço, trocou, em janeiro de 2017, o Zurique pelo Rijeka, por um valor irrisório, somando este ano 16 golos em 35 partidas. Aos 27 anos, já passou pelo Mainz, Shalke 04 ou Lugano.