Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Visão do Peão

O fabuloso destino do Sr. Jardim

20
Abr17

transferir.jpg

A 20 de abril de 2017, Leonardo Jardim comanda uma equipa que lidera a liga francesa à frente do multimilionário PSG e está qualificada para as meias da Champions League. O madeirense está na melhor fase da sua carreira e não admira que tenha o nome associado a clubes como Arsenal ou Inter de Milão.

 

Jardim começou nas divisões secundárias portuguesas escalando do Camacha até ao Braga, passando pelo Chaves e Beira-Mar. O bom trabalho na Pedreira levou-o à Grécia onde dirigiu o Olympiacos. Deixou a equipa na frente do campeonato mas não acabou a época por razões extra-futebol nunca muito bem explicadas. Em 2013/2014 cumpriu o seu sonho de criança e tornou-se treinador do Sporting. Com Bruno de Carvalho como presidente e com as finanças magras, pôs o Sporting a jogar bom futebol e a ganhar. Descobriu William e lançou-o como titular; fez de Wilson Eduardo uma mais valia e colocou Montero como goleador. Mesmo com elos mais fracos como Maurício ou Magrão, fez boa época, ficando em segundo lugar. 

 

Seguiu-se uma experiência em França. O destino parecia promissor, até porque o Mónaco pagou bem por ele. Mas ao invés do plantel de estrelas que esperava, Jardim viu Falcao ser emprestado ao Manchester United e James vendido ao Real Madrid. Nos dois primeiros anos, ficou em terceiro lugar. Atualmente, com menos um jogo, tem os mesmos pontos do que o PSG e tem mostrado melhor futebol e eficácia.

 

Montou uma equipa com o guarda-redes croata Subasic como esteio atrás de Glik e Jemerson. Nas alas defensivas moram Mendy e Sibidé, os dois melhores laterais da Ligue 1. No meio campo, dois homens ao centro: Fabinho (ex-Rio Ave) e Bagayako. Nas alas, Bernardo Silva, descaído para a direita funciona sobretudo como número dez e, na esquerda, Lemar é uma das grandes promessas de França. No ataque, há Germain, avançado de qualidade mas os titulares são Falcao, renascido após duas más passagens por Inglaterra e Mabppé, adolescente francês que se tem revelado um goleador de excelência. O colombiano leva 27 golos e o jovem de 18 anos, 22. 

Juve e Jardim passam às meias

20
Abr17

nintchdbpict000317936722.jpg

 

Juventus e Mónaco juntaram-se a Real e Atlético de Madrid nas meias-finais da Champions League. Em Camp Nou, o Barcelona não conseguiu a remontada e não conseguiu sequer marcar um golo aos campeões italianos. No Mónaco, 3-1 ao Dortmund com grande exibição da equipa de Leonardo Jardim, com João Moutinho e Bernardo Silva a titulares. Mbappé e Falcao, os suspeitos do costume, adiantaram o Mónaco. Reus ainda reduziu mas Germain fez o 3-1 final. 13 anos depois, o Mónaco está nas meias da Champions e na altura alcançou mesmo a final, só tendo perdido para o FCP.