Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Visão do Peão

Grande exibição não chegou

15.09.16, Francisco Chaveiro Reis

385B9E7400000578-3789767-image-a-133_1473884814219

O Sporting fez uma exibição de gala no terreno do campeão europeu mas saiu de lá sem um único ponto. Se, antes da partida dissessem aos sportinguista que perderiam 1-2 contra uma equipa com Ronaldo, Benzema, Bale, Modric ou Kroos, esse poderia parecer um resultado relativamente positivo. Mas quem viu o jogo, viu um Sporting bastante superior na primeira parte com exibições de gala de Coates, William, Adrien, César, Bryan e principalmente, Gelson. Casilla e algum desacerto evitaram que o Sporting fosse para o intervalo a vencer. Mas, o golo surgiu logo aos 47 minutos, por Bruno César, o "faz-tudo" de Jesus que ontem andou por todo o lado do campo, a estancar os ataques madrilenos. Mas, apesar da qualidade do futebol leonino, o Real Madrid começou a merecer o empate, sobretudo nos últimos 20 minutos quando Jesus tirou (demasiado cedo?) Gelson e Adrien. Sorte madrasta. Aos 88, Ronaldo empatou de livre e, aos 90+4, Morata virou a partida. O Sporting mostrou que não vai entrar em festas dos chamados gigantes europeus.

Quarta vitória

11.09.16, Francisco Chaveiro Reis

1024.jpg

O Sporting soma quatro vitórias em quatro jogos. Marcou por oito vezes e só sofreu um golo (do FCP). Ontem, perante mais de 44 mil pessoas (!!!!), fez um jogo tranquilo, após 25 minutos algo mornos. Gelson Martins voltou a faturar (leva dois golos em quatro jogos) e o Sporting partiu para um jogo sem sobressaltos, sentimento reforçado com a expusão (correta) de Neto. Com mais um jogador em campo, tudo ficou resolvido nos primeiros minutos da segunda parte, graças às estreias a marcar de Campbell (grande golo, apesar de exibição tímida na esquerda) e de Dost (ainda falta entrosamento mas mostra bons pormenores). Destaque ainda para as estreias de Elias (seguro), Markovic (veloz mas perdeu um golo feito) e de André (passe fabuloso a isolar Markovic). Este Sporting promete. Que Madrid não o quebre.

Que onze?

07.09.16, Francisco Chaveiro Reis

Jorge Jesus tem a benção de ter no plantel jogadores de qualidade tal que são chamados com frequência às suas seleções. Mas o reservo da medalha é o cansaço acumulado pelos jogos a meio da semana e sobretudo as grandes viagens. Que onze poderá o treinador montar para este sábado?

 

A baliza será de Patrício e a defesa deverá ser composta por: Pereira, Semedo (jogou em Portugal e a viagem Barcelos-Lisboa será fácil de superar), Coates (foi à América do Sul mas não jogou e estará mais ou menos fresco) e Marvin.

 

No meio-campo, que alas? Bryan e Campbell jogaram pela Costa Rica e só devem aterrar em Lisboa na quinta ou mesmo na sexta-feira. Será dificil estarem em condições no sábado, sobretudo quando poderão dar muito jeito na quarta-feira seguinte, em Madrid. Markovic, outra opção, só ontem chegou a Lisboa e duvido que seja já lançado. Aposto então em Gelson e Bruno César, opções mais seguras. No meio, William deve avançar, tal como Adrien, se bem que a entrada de Elias não fosse surpresa de maior.

 

No ataque, com quatro novidades, com pouco tempo de trabalho, as dúvidas são muitas. Alan deve ser titular atrás de um ponta-de-lança. Quem? André, que até rende mais na posição de Alan? Castaignos, que teve uns dias de trabalho com Jesus? Ou Dost, que jogou ontem pela seleção holandesa e pouco treinará?